Vá além do futebol: conheça os pontos turísticos das cidades-sede da Copa América

COPA AMÉRICA

Em Salvador, torcedores podem combinar futebol com turismo em roteiros que revelam o melhor da terra do axé e do dendê

Por Victor Maciel

Pôr do sol na região doo Elevador Lacerda. Foto: Bento Viana/MTur

Ela foi a primeira capital do Brasil, é conhecida por sua diversidade cultural e belezas naturais, pela culinária regada a azeite de dendê e pimenta, além de ser a terra do axé music e uma das principais “embaixadas” do nosso Carnaval. Impossível ler a descrição e não pensar no astral peculiar de Salvador, uma das cinco cidades-sede dos jogos da Copa América 2019, competição que começa nesta sexta-feira (14). A capital baiana é a primeira da série preparada pela Agência de Notícias do Turismo, que durante a semana vai apresentar pontos turísticos das capitais do evento que vai #AlémDoFutebol.

Torcedores que irão aos estádios para vibrar com a festa esportiva também vão poder experimentar o melhor dos “Brasis” que serão o cenário da competição. Em Salvador, quem gosta de história, cultura e a arquitetura, tem um motivo a mais para ir ao Pelourinho. Reconhecido como Patrimônio da Humanidade pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco), o centro histórico reúne igrejas do período barroco brasileiro e casarões seculares como o que foi cenário para a gravação de um clipe do astro pop Michel Jackson na década de 90. Além disso, o local é um grande centro de experimentação da culinária baiana, onde podem ser provados os principais pratos que compõem a identidade gastronômica do estado: acarajé, caruru e vatapá. O legítimo batuque do Olodum, bloco-afro do carnaval baiano, também está entre as atrações imperdíveis.

Para quem quer sol e mar, as praias de Itapoã e da Barra são referências para moradores e visitantes. A primeira é tão “queridinha” que já foi homenageada até mesmo em versos e músicas de Vinicius de Moraes e Caetano Veloso. É famosa por pontos como o farol, além de ser envolvida por pedras, águas claras, coqueiros e as piscinas naturais que são formadas em momentos de maré baixa. Já a da praia da Barra, que fica próxima ao centro da cidade, é uma das indicações para quem busca águas calmas e quentes, ideal para quem levou a família toda turistar na Copa.

Cartão-postal de Salvador (BA), o Farol da Barra é mais um atrativo no roteiro da cidade. Com uma vista belíssima para a Baía de Todos os Santos, é perfeito para quem quer ver o sol se pôr no mar, nos fins de tarde. É o caso também do Elevador Lacerda, primeiro elevador público do mundo, que oferece uma visão panorâmica da capital, além de ser o principal acesso entre as cidades Alta e Baixa. O monumento chega a transportar 900 mil passageiros por mês, em um percurso de 30 segundos de duração.

Quem está em Salvador não pode deixar de passar pelo Mercado Modelo e levar um pouquinho da Bahia para casa. Artigos como pimentas, roupas, redes, bordados, farinhas, tapioca, geleia de cacau, cocada e camarão defumado podem ser adquiridos nas bancas locais. Há ainda o artesanato típico, como a tradicional boneca Baianinha de Salvador (feita de barro e pintada à mão) e os instrumentos musicais de origem africana, tudo vendido em uma atmosfera de alegria, música e calor humano típico do povo baiano.

CENTRO DE ATENDIMENTO AO TURISTA – Torcedores qe viajantes podem procurar os três Centros de Atendimento ao Turista para ter acesso a mais informações e orientações sobre os prontos turísticos da capital – eles estão no aeroporto, no Pelourinho e no shopping da Barra, localizado na Avenida Antônio Carlos Magalhães. Os centros de atendimento ao turista estreitam o contato entre o visitante e a cidade.

Edição: Vanessa Sampaio

Fonte oficial: Ministério do Turismo

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Locomotiva Viagens. Lembramos ainda que o Locomotiva Viagens é um site jornalístico, que apenas divulga as promoções de passagens aéreas, ele não vende nenhum produto ou serviço. Você deve comprar na empresa de sua preferência, sempre observando as regras de cada passagem.

Comentários