A alta temporada de verão de 2016-2017 terminou com um recorde de acessos ao site da Instituto Municipal do Turismo de Curitiba, o www.turismo.curitiba.pr.gov.br. Em fevereiro, foram 34.356 acessos, o maior número desde seu lançamento, em agosto de 2014. De dezembro de 2016 a fevereiro deste ano, foram registradas 93.316 visitas, um número 39% maior ao registrado na alta temporada de 2015-2016.

Entre os atrativos, o Parque Lago Azul foi o mais buscado, com 4.989 acessos. Na sequência estão a Torre Panorâmica, com 2.238 acessos, a Ópera de Arame, com 1.927, o Parque Barigui, com 1.805, e o Jardim Botânico, com 1.556 acessos. Os curitibanos representam o maior número de acessos, com a cidade de São Paulo em segundo lugar, seguida por Rio de Janeiro e Florianópolis.

O site é uma importante ferramenta de fomento ao turismo em Curitiba, segundo a presidente do Instituto, Tatiana Turra. “Dentro do site, o turista pode encontrar informações valiosas para programar a viagem à cidade”, explica. Tatiana reforça que o portal tem mais de 100 opções de estadia, que podem ser pesquisadas de acordo com o status de estrelas. “Também há diversas possibilidades gastronômicas, como cafés, restaurantes, bares, confeitarias”, completa.

Os principais atrativos – parques, bosques e museus -, estão na plataforma. O site apresenta detalhes de cada local e também uma descrição da Linha Turismo, linha de ônibus double deckers que circula pelos pontos turísticos da cidade. Um item interessante é a galeria de imagens em 360°, em que o usuário pode visualizar as oito opções disponíveis e ter uma ideia dos atrativos como Bosque Alemão, Jardim Botânico, Bosque do Papa (João Paulo II), Largo da Ordem (Setor Histórico), Museu Oscar Niemeyer, Ópera de Arame, Parque Barigui, Parque Tanguá, Parque Tingui e Bosque Zaninelli. Ao navegar pelas imagens, o usuário pode clicar nos ícones em forma de máquina fotográfica e obter mais informações de cada detalhe.

Os roteiros turísticos também são motivo de muitos acessos ao site. “Nossa equipe de especialistas preparou alguns roteiros, de grande valia ao turista que quer ter mais conhecimento acerca da riqueza cultural curitibana”, afirma Tatiana. Existem opções de roteiros para turismo a pé, de bicicleta, circuito gastronômico e de artistas locais, como Paulo Leminski e Poty Lazzarotto.



Fonte: Prefeitura de Curitiba

Fonte oficial: Curitiba Turismo

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Locomotiva Viagens. Lembramos ainda que o Locomotiva Viagens é um site jornalístico, que apenas divulga as promoções de passagens aéreas, ele não vende nenhum produto ou serviço. Você deve comprar na empresa de sua preferência, sempre observando as regras de cada passagem.

Curitiba estará bem representada 23ª edição do Salão Paranaense de Turismo. O Instituto Municipal de Turismo de Curitiba preparou um estande composto por diversas paisagens da cidade, uma forma de homenagear o aniversário da cidade, que no dia 29 de março completa 324 anos.

A cerimônia de abertura contará com a presença do prefeito Rafael Greca que, nesta terça-feira, 14, recebeu o presidente da Associação Brasileira de Agências de Viagens do Paraná (Abav-PR), com a presidente do Instituto Municipal de Turismo de Curitiba, Tatiana Turra, e o diretor de Comunicação e Novos Negócios do Instituto, Marcelo Fachinello.

Greca disse receber com entusiasmo o convite para o evento e lembrou que a cidade estará duplamente representada no evento. “Além do estande de Curitiba, preparado pelo Instituto Municpal de Turismo, o Salão terá um estande da Agência Curitiba de Inovação, que vai apresentar o projeto do Vale do Pinhão”, disse.

A presença do prefeito no evento será uma honra, segundo o presidente da Abav-PR. “Em nome da associação, agradeço a recepção do prefeito Rafael Greca e, principalmente, ao prestigiar o Salão Paranaense do Turismo”, disse Pedro Kemp.

A presidente do Instituto Municipal de Turismo de Curitiba, Tatiana Turra, reforçou a importância da feira que é a principal vitrine da cidade para o setor de turismo. “É um evento importante, pois é uma oportunidade para que agentes de viagens e turismo possam conhecer melhor  a cidade e  tudo o que Curitiba oferece aos turistas”, disse Tatiana.

Paisagem curitibana

A presidente do Instituto Municipal de Turismo de Curitiba, Tatiana Turra, explicou que a composição do estande é uma comemoração para o aniversário de Curitiba. “Elaboramos o estande com muito carinho para que o visitante sinta a sensação de ser curitibano”, disse.

Com 72m², o espaço terá uma réplica da estátua “Água pro Morro”,  que fica na fonte Maria Lata D’Àgua, localizada na praça Generoso Marques, atrás do Paço da Liberdade e próximo ao marco zero da cidade. A estátua original é de autoria de Erbo Stenzel, um dos mais importantes artistas plásticos do Paraná.

Outro item clássico de Curitiba será representando no estande: os postes republicanos. Este tipo de equipamento remete ao Brasil dos momentos da indústria do ferro, em que a luz elétrica impulsionava os bondes e dava uma nova dinâmica às cidades. Os postes foram instalados na Rua XV de Novembro na comemoração dos 300 anos da cidade.

As floreiras da XV de novembro também terão destaque, pois são um elemento da paisagem da cidade. Até o imperador D. Pedro II, quando passou pela cidade, ficou encantado com os jardins de algumas famílias de imigrantes alemães, onde hoje é o calçadão da Rua XV de Novembro.

O estande também contará com os arcos do Jardim Botânico, o principal cartão postal e atrativo turístico de Curitiba.

Apresentação

No sábado (18/3), guias de turismo usarão trajes típicos do folclore polonês. A apresentação é aberta ao público e começará às 10h, no Bosque João Paulo II. Os presentes poderão aprender um pouco mais sobre a história do bosque e a cultura tradicional polonesa.

Essa vai ser a primeira de uma série de apresentações culturais étnicas que vão acontecer nos parques curitibanos aos fins de semana. A ideia é que o projeto se torne um dos atrativos da cidade.

Salão Paranaense do Turismo

Organizado e promovido pela Associação Brasileira das Agências de Viagens do Paraná (ABAV-PR), o Salão Paranaense de Turismo chega em 2017 a sua 23ª edição. O evento reúne em Curitiba, capital do Paraná, profissionais de toda a cadeia turística, interessados em divulgar seus produtos e serviços e fortalecer seus laços profissionais.

O evento compreende uma Feira de Exposições, uma programação de qualificação profissional, eventos sociais, eventos paralelos à 13ª Mostra das Regiões Turí­sticas do Paraná e I Mostra de Tecnologia para o Turismo.



Fonte: Prefeitura de Curitiba

Fonte oficial: Curitiba Turismo

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Locomotiva Viagens. Lembramos ainda que o Locomotiva Viagens é um site jornalístico, que apenas divulga as promoções de passagens aéreas, ele não vende nenhum produto ou serviço. Você deve comprar na empresa de sua preferência, sempre observando as regras de cada passagem.

O estande de Curitiba no Salão Paranaense do Turismo, que será aberto nesta quinta-feira (16/03), no ExpoUnimed, foi construído para mostrar a beleza urbana de Curitiba. O espaço foi construído como uma praça ou calçadão real e contou com material e mão de obra da estrutura da Prefeitura de Curitiba.

Participaram da construção e idealização do estande 30 servidores das secretarias municipais de Obras Públicas e Infraestrutura, do Governo Municipal, do Meio Ambiente e do Instituto Municipal de Turismo. O instituto estima que o estande foi construído com menos de um terço do valor que custaria se fosse feito pela iniciativa privada.

A presidente do Instituto Municipal de Turismo de Curitiba (IMT), Tatiana Turra, comemorou a conclusão do estande. “Temos um espaço belo, à altura da nossa cidade”, diz ela.

O mestre de obras da Secretaria Municipal de Obras Públicas e Infraestrutura, Djaci José da Silva Santos, está orgulhoso do resultado do trabalho de montagem. “Foi um esforço grande da nossa equipe, mas o mais importante é que ficou muito bonito”, afirma Santos, que instalou a calçada paver. Além do calçamento, a Secretaria do Governo forneceu o material e a instalação da iluminação, configurada nos clássicos postes republicanos.

José Rodrigues de Souza, encarregado de obras da secretaria, lembra que o padrão construtivo usado no estande é exatamente o mesmo utilizado nas calçadas da cidade. “É um calçamento ecológico, que permite absorção da água”, explica. O material foi doado pelo Distrito de Manutenção Urbana da Secretaria do Governo Municipal.

A arquiteta Cláudia Stachera coordenou a montagem do estande e ressalta que ele foi construído com custos muito abaixo do valor de mercado. “Toda a estrutura, material e mão de obra foram fornecidos pelas secretarias municipais”. Cláudia conta que o espaço de Curitiba é composto por uma mistura de paisagens da cidade. Sobre o resultado, ela é enfática. “Estou muito orgulhosa.”

O estande conta com uma réplica dos arcos do Jardim Botânico, plantas, bancos de praça e as conhecidas floreiras arredondadas da Rua XV de Novembro. Este material foi todo fornecido pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente.

A Fundação Cultural de Curitiba (FCC) contribui com réplica da estátua Água pro Morro, conhecida como Maria da Lata D’Água e localizada da Praça Generoso Marques. A escultura original foi construída pelo paranaense Erbo Stenzel e a réplica foi feita pelo orientador da oficina de esculturas da FCC, Elvo Benito Damo.

Salão Paranaense do Turismo

Organizado e promovido pela Associação Brasileira das Agências de Viagens do Paraná (ABAV-PR), o Salão Paranaense de Turismo chega em 2017 a sua 23ª edição. O evento reúne profissionais de toda a cadeia turística, interessados em divulgar produtos e serviços e de fortalecer laços profissionais.

O evento compreende uma Feira de Exposições, uma programação de qualificação profissional, eventos sociais, eventos paralelos à 13ª Mostra das Regiões Turí­sticas do Paraná e I Mostra de Tecnologia para o Turismo.

Fonte oficial: Curitiba Turismo

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Locomotiva Viagens. Lembramos ainda que o Locomotiva Viagens é um site jornalístico, que apenas divulga as promoções de passagens aéreas, ele não vende nenhum produto ou serviço. Você deve comprar na empresa de sua preferência, sempre observando as regras de cada passagem.

Institucional

O levantamento, encomendado pelo Ministério do Turismo, traçou o perfil dos turistas brasileiros e apontou um enorme potencial de desenvolvimento do setor

Por Lívia Nascimento

A bela João Pessoa. Crédito: Embratur

 

O Brasil é repleto de belos destinos turísticos prontos para serem visitados, mas uma parcela significativa da população ainda não teve a oportunidade de descobrir seu próprio país. A conclusão é resultado de uma pesquisa encomendada pelo Ministério do Turismo que identificou que 44,4% dos brasileiros nunca viajou a turismo pelo país. Um mercado que deverá ser ampliado a partir das mudanças propostas pela Pasta com o plano Brasil + Turismo, um pacote de medidas para fortalecer o setor.

“Acredito que com o melhor aproveitamento turístico das orlas, o aumento do número de voos, e a melhoria na qualidade do atendimento aos turistas, algumas medidas propostas dentro do Brasil + Turismo, teremos um número maior de brasileiros viajando pelo país”, afirmou o ministro Marx Beltrão.

Para metade dos que afirmaram viajar a turismo – 49,4% – a periodicidade é de uma vez ao ano, enquanto 13,8% dizem que viajam uma vez a cada seis meses. Quando o questionamento é referente ao meio de transporte mais usado nas últimas viagens, constatou-se um empate técnico – uma vez que a margem de erro do estudo é de dois pontos percentuais para mais ou para menos entre carro (39,5%) e ônibus (38,2%). O avião é utilizado por 20,6% dos entrevistados.

Em relação à hospedagem, quase metade dos brasileiros optou por hotéis, resorts ou pousadas (48,2%), enquanto 35% preferiram usufruir da hospitalidade da casa de parentes. Já para se locomover entre as atrações dos destinos turísticos as formas mais usadas foram ônibus (31,7%), carro próprio (27,1%) e táxi (13%).

TRABALHO – Quando o assunto é viagem a trabalho, apenas um em cada quatro brasileiros já viajou a trabalho pelo Brasil e esse tipo de viagem não é tão frequente. Segundo 28,2% dos entrevistados elas são raras ou sem frequência e 18,7% disseram que elas ocorrem uma vez por ano.

Para fazer o trajeto os meios de transporte mais usados foram carro e ônibus – 40,2% e 38,5% – respectivamente. O avião foi utilizado em 14% das viagens. Para a hospedagem, 74,2% optaram por hotéis, resorts ou pousadas, enquanto 10,3% escolheram ficar na casa de parentes.

SOBRE A PESQUISA – Foram entrevistadas 2.002 pessoas com 16 anos ou mais, no período de 17 a 23 de março de 2017. A margem de erro é de 2 pontos percentuais, com intervalo de confiança de 95%.

  

 

Fonte oficial: Ministério do Turismo

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Locomotiva Viagens. Lembramos ainda que o Locomotiva Viagens é um site jornalístico, que apenas divulga as promoções de passagens aéreas, ele não vende nenhum produto ou serviço. Você deve comprar na empresa de sua preferência, sempre observando as regras de cada passagem.

O maior evento de turismo do Paraná foi iniciado com uma grande cerimônia de abertura, que contou com diversas autoridades do turismo estadual e nacional. A 23ª edição do Salão Paranaense do Turismo foi prestigiada pelo prefeito Rafael Greca, que encantou a plateia com o discurso O Carro da Alvorada. Greca convidou todos a acompanhar o trajeto do sol e a viajar do Litoral ao Oeste do Estado, passando por Curitiba e todas as belezas naturais e culturais do Paraná. “É uma alegria celebrar essa festa do turismo paranaense”, disse o prefeito.

O evento é promovido pela Associação Brasileira das Agências de Viagens do Paraná (Abav-PR) e reúne empresas e instituições do setor turístico. Para o presidente da Abav-PR, Pedro Kempe, a presença do prefeito deu brilho à solenidade. “É um grande conhecedor da história paranaense, não à toa, foi aplaudido de pé pelos presentes”, disse.

A consolidação do turismo como atividade econômica e geradora de emprego e renda é um aspecto importante para a presidente do Instituto Municipal de Turismo de Curitiba, Tatiana Turra. “A presença do prefeito mostra que esta é uma gestão que dá muita importância ao turismo e que incentiva o setor.” A prova da seriedade, segundo Tatiana, é a beleza do estande da cidade e o envolvimento de diversas secretarias em sua construção.

Greca aproveitou a oportunidade para conhecer o estande idealizado pelo Instituto Municipal de Turismo e construído com a cooperação das secretarias municipais de Obras Públicas e Infraestrutura, do Governo Municipal e do Meio Ambiente. O prefeito enalteceu o trabalho dos 30 profissionais do município que ergueram a estrutura. “Nossos servidores são o rosto humano de Curitiba”, disse o prefeito.

A mistura de paisagens curitibanas inspirou Greca, que afirmou que a cidade é “um conjunto de memórias que merece ser conhecido.” O prefeito aproveitou ainda para fazer um convite: “Quem não é de Curitiba, convido a conhecer a nossa cidade.”

A solenidade de abertura do Salão Paranaense de Turismo teve a presença da secretária de Qualificação e Promoção do Turismo do Ministério do Turismo, Teté Bezerra, do secretário de Estado do Esporte e do Turismo do Paraná, Douglas Fabricio, e do presidente da Associação Brasileira das Agências de Viagens, Edmar Bull.

Fonte oficial: Curitiba Turismo

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Locomotiva Viagens. Lembramos ainda que o Locomotiva Viagens é um site jornalístico, que apenas divulga as promoções de passagens aéreas, ele não vende nenhum produto ou serviço. Você deve comprar na empresa de sua preferência, sempre observando as regras de cada passagem.

Institucional

MTur registra crescimento de quatro pontos percentuais na intenção de viagem para os próximos seis meses

 

Se depender da disposição do brasileiro, as viagens serão um importante item da cesta de consumo de boa parte da população durante este ano. A tendência é confirmada em pesquisa do Ministério do Turismo, realizada em março, em sete capitais. O estudo aponta o crescimento da intenção de viagem pelo terceiro mês consecutivo, em comparação com o mesmo período do ano passado.

O aumento, que se deu nas quatro faixas de renda pesquisadas, foi de quatro pontos percentuais, de 17%, em março de 2016, para 21,3% agora. Este é o percentual de brasileiros que pretendem viajar até setembro deste ano. A grande maioria – 73% – deve viajar pelo Brasil.

A Sondagem do Consumidor – Intenção de Viagem mostra também que o Centro-Oeste foi a região que registrou maior crescimento de demanda. Em janeiro deste ano, apenas 3% dos potenciais viajantes haviam apontado a região como destino. Em fevereiro foram 3,4%, percentual que subiu para 7,9% em março. O Nordeste, no entanto, continua na liderança da preferência do turista nacional, com 41,5% do total de viajantes, seguido pelo Sudeste, com 29,6%.

O aumento da intenção de viagem para os próximos seis meses abrange 5 das 7 capitais pesquisadas: Brasília, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro e São Paulo. O maior crescimento foi registrado na capital paulista, de 17,8% em março do ano passado para 23,9%, ou 6,1 pontos percentuais, em 2017.

A maioria dos potenciais viajantes pretendem se deslocar de avião – 62,4% – e se hospedar em hotéis ou pousadas, 53,4%.  As segundas opções de transporte e hospedagem são o automóvel, com 22,5% das preferências, e a casa de parentes e amigos, com 33,6%.

SOBRE A PESQUISA – A Sondagem do Consumidor – Intenção de Viagem é uma pesquisa realizada pela Fundação Getúlio Vargas em mais de 2 mil famílias em sete capitais brasileiras: Brasília, Belo Horizonte, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo.

Fonte oficial: Ministério do Turismo

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Locomotiva Viagens. Lembramos ainda que o Locomotiva Viagens é um site jornalístico, que apenas divulga as promoções de passagens aéreas, ele não vende nenhum produto ou serviço. Você deve comprar na empresa de sua preferência, sempre observando as regras de cada passagem.

O estande que o Instituto Municipal de Turismo preparou para representar Curitiba no Salão Paranaense do Turismo surpreendeu os cerca de 3mil visitante do evento, que puderam sentir a sensação de ser curitibano. A presidente do Instituto Municipal de Turismo de Curitiba, Tatiana Turra, explica que o espaço foi idealizado com uma composição de paisagens e marcos curitibanos. “O estande foi concebido para celebrar o aniversário de Curitiba, que completa 324 anos em março. ”

Diversas autoridades estiveram presentes no estande, como o prefeito Rafael Greca, que elogiou o espaço. “Fico muito bonito”, disse. “É uma réplica das nossas praças, tem a nossa floreira padrão, os arcos do jardim botânico, os postes republicanos, os produtos típicos em vitrines muito bem preparadas e o que domina o salão é a estátua Água pro Morro, de Erbo Stenzel”, completou Greca.

Também estiveram presidente da Associação Brasileira de Agências de Viagens (Abav), Edmar Bull, a secretária nacional de qualificação e promoção do turismo do Ministério do Turismo, Teté Bezerra, e o presidente da Abav-PR, Pedro Kempe. Além disso passaram pelo estande os representantes dos núcleos estaduais da Abav de todo o País.

O diretor presidente da Agência Curitiba de Desenvolvimento, Frederico Augusto Munhoz da Rocha Lacerda, apresentou o projeto do Vale do Pinhão no Salão no evento, no sábado (18/03), e afirma que a cidade foi muito bem representada. “Excelente trabalho do Instituto Paranaense de Turismo, que ressaltou as características da cidade e o espírito dos curitibanos, apresentando marcos de Curitiba”, afirmou.

A Abav-PR também promoveu caravanas de agentes de viagens durante a realização do evento, dando oportunidade de atualização profissional e networking para profissionais do Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, São Paulo e outras localidades. Neste ano, foram abertos nove roteiros: Foz do Iguaçu – PR (Foz do Iguaçu, Cascavel, Laranjeiras do Sul, Guarapuava), Londrina – PR (Londrina, Imbaú, Ponta Grossa), Maringá –PR (Maringá, Imbaú, Ponta Grossa), Vale do Itajaí – SC (Blumenau, Brusque, Balneário Camboriú, Itajaí, Joinville), Araranguá – SC (Araranguá, Criciúma, Tubarão, Laguna, Garopaba, Araquari), Florianópolis – SC (Florianópolis, Itapema, Balneário Camboriú, Araquari), Joinville – SC (Jaraguá do Sul, Joinville), Porto Alegre – RS (Porto Alegre, São Leopoldo, Caxias do Sul) e Bauru – SP.

Foram 300 agentes de viagens nas caravanas terrestres e cerca de 500 agentes de viagens com as caravanas aéreas, procedentes de Foz do Iguaçu, Londrina, Maringá e Porto Alegre. Apoiam as caravanas a FRT Operadora, Domus Viagens e Turismo, Grupo BRT, Magic Way.

Com 72m², o espaço contou com uma réplica da estátua “Água pro Morro”, localizada na praça Generoso Marques, atrás do Paço da Liberdade e próximo ao marco zero da cidade. Além disso, outros itens clássicos foram representados no estande, como os postes republicanos, as floreiras da Rua XV de Novembro, os bancos de praça, e os arcos do Jardim Botânico, principal cartão postal e atrativo turístico de Curitiba. No estande, o Instituto Municipal de Turismo contou com o apoio da Abrasel-PR, do SEHA (Sindicato de Hospedagem e Alimentação), do Curitiba Convention and Visitors Bureau e do Instituto Pró-Cidadania de Curitiba.



Fonte: Prefeitura de Curitiba

Fonte oficial: Curitiba Turismo

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Locomotiva Viagens. Lembramos ainda que o Locomotiva Viagens é um site jornalístico, que apenas divulga as promoções de passagens aéreas, ele não vende nenhum produto ou serviço. Você deve comprar na empresa de sua preferência, sempre observando as regras de cada passagem.

qualificação

Na pauta do encontro esteve presente também as medidas que compõem o programa Brasil + Turismo

Por Geraldo Gurgel

Crédito: Geraldo Gurgel/ MTur

A 2ª edição da FIT Pantanal, que reuniu em Cuiabá, no último final de semana, os principais destinos turísticos mato-grossenses para discutir e promover a sustentabilidade da atividade econômica, também contou com a participação do Ministério do Turismo. A secretária nacional de Qualificação e Promoção do Turismo, Teté Bezerra, representou a Pasta no evento.

Na ocasião, a secretária detalhou uma série de medidas anunciadas recentemente pelo ministro do Turismo, Marx Beltrão, para alavancar a atividade, o ambiente de negócios e o fluxo turístico doméstico e internacional. O plano foi concebido a partir das demandas do setor. A qualificação profissional e a promoção dos destinos estão entre as áreas que serão mais impactadas.

Teté Bezerra ressaltou a preocupação do Ministério do Turismo com a formação continuada dos profissionais do setor. “Quem trabalha e atua no setor sabe bem que, com pessoal treinado o turista fica satisfeito, o turismo ganha qualidade e o país avança em competitividade na relação com outros destinos do mundo”, destacou.

Uma das iniciativas promovidas pelo Ministério do Turismo é a plataforma Brasil Braços Abertos que vai oferecer vagas ilimitadas para cursos online voltados para o atendimento ao turista e temas como sustentabilidade, educação ambiental, turismo acessível e línguas, entre outros. Já o novo ensino médio vai destinar 10 mil vagas para sete cursos de turismo, hospitalidade e lazer.

Em Mato Grosso, por exemplo, o MedioTec disponibilizará 825 vagas em 21 municípios com cursos presenciais, além do Pronatec Turismo com os cursos presenciais e à distância. Somente no Mato Grosso são mais de 800 vagas para jovens que queiram ingressar no mercado do turismo.

PROMOÇÃO – Já as próximas ações internas de promoção do turismo estão voltadas para o Brasil Junino, com ênfase no Nordeste. No exterior, a promoção dos festejos juninos é feita simultaneamente pela Embratur. Estão previstas ainda, a promoção da Amazônia Legal e do Sul do Brasil que deverão seguir a mesma estratégia. O calendário de eventos turísticos, como mais de 1.600 eventos já cadastrados, também está entre as medidas de divulgação do turismo interno.

Fonte oficial: Ministério do Turismo

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Locomotiva Viagens. Lembramos ainda que o Locomotiva Viagens é um site jornalístico, que apenas divulga as promoções de passagens aéreas, ele não vende nenhum produto ou serviço. Você deve comprar na empresa de sua preferência, sempre observando as regras de cada passagem.

Os agentes de viagem têm papel fundamental na promoção dos destinos turísticos e a parceria entre o poder público e a iniciativa é uma das ferramentas consolidar Curitiba no mapa dos agentes. Nesta segunda-feira (24), o Instituto Municipal de Turismo de Curitiba fez uma palestra de capacitação para agentes de viagem do Rio de Janeiro e de Minas Gerais no Terrazza 40. O encontro foi promovido pela operadora turística MGM e o Curitiba, Região e Litoral Convention & Visitors Bureau (CCVB).

O pesquisador artístico e cultural do Instituto, Alexander Silva, explicou aos 12 agentes como o planejamento da cidade afetou o seu desenvolvimento urbanístico. “É interessante que eles tenham conhecimento da história de Curitiba e de alguns detalhes que a tornam especial para que possam falar da cidade com propriedade”, afirmou ele.

A dona da agência Mar-Tha Rio Viagens e Turismo, Marta Krautz, contou que já havia vindo há Curitiba há muitos anos para um evento, mas não teve tempo para conhecer a cidade na ocasião. Após conhecer os atrativos da capital do Paraná, Marta afirma que a experiência foi completa com a palestra. “Tem muita coisa para se fazer em Curitiba, mas nós precisamos ter conhecimento para oferecer o destino para o consumidor final”, explicou.

O gerente nacional de vendas da MGM, Roberto Mello, é curitibano, mas mora no Rio de Janeiro. Orgulhoso da cidade natal, Mello quer reforçar a promoção de Curitiba como destino e conta com apoio do Instituto para isso. “Capacitações como essa se revertem em vendas e, consequente mente, turistas que vêm para a cidade.”

Mello explicou que o maior volume de vendas da empresa acontece no estado do Rio de Janeiro e, para apresentar Curitiba para o público final, é preciso que os agente vivenciem e conheçam a cidade. “É ótimo que o poder público possa proporcionar capacitações e apoio para ações como essa”, finalizou.

 



Fonte: Prefeitura de Curitiba

Fonte oficial: Curitiba Turismo

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Locomotiva Viagens. Lembramos ainda que o Locomotiva Viagens é um site jornalístico, que apenas divulga as promoções de passagens aéreas, ele não vende nenhum produto ou serviço. Você deve comprar na empresa de sua preferência, sempre observando as regras de cada passagem.

Dez professoras e duas responsáveis pelo programa Conhecimento em Linhas participaram de uma capacitação no Instituto Municipal de Turismo de Curitiba. O pesquisador artístico e cultural do Instituto, Alexander Silva, explicou às visitantes os fatores relevantes do setor e a importância desse mercado para o desenvolvimento da economia. “Uma vez que Curitiba é reconhecida pelas pessoas como destino turístico, é interessante reforçar para as educadoras da rede municipal o quanto é importante cuidar e conhecer o nosso patrimônio”, disse.

Ao capacitar os professores, o conhecimento é passado aos alunos, que por sua vez o repassam aos pais e familiares. O desenvolvimento dessa rede comunitária de conhecimento é a meta do Conhecimento em Linhas, segundo a coordenadora do programa, Juciele Gemin Loeper. “A iniciativa trata do pertencimento à cidade e tem como objetivo a ampliação cultural do currículo”, explicou.

Alexander Silva mostrou dados estatísticos do turismo nos âmbitos nacional, estadual e estadual. “As últimas aferições mostram que Curitiba cresceu na preferência dos turistas e hoje ocupa um lugar alto nas pesquisas de intenção de viagens”, revelou o historiador.

A professora do núcleo regional do Cajuru, Sandra Mara Piotto, contou que capacitações têm sido feitas em diversas áreas. “Queremos trazer Curitiba de volta aos curitibanos e trazer esse conhecimento de volta às escolas.”

Ao término da palestra, a coordenadora Juciele ressaltou a importância do conteúdo. “Turismo não é só um passeio, mas um elemento importante no desenvolvimento da comunidade”, concluiu.

Estiveram na palestra Mere Helen Rocha Alves, do núcleo regional Matriz; Ana Cristina Zanon de Araújo, do núcleo do Portão; Katya da Silva, do núcleo da CIC; Charlene Lima, do núcleo do Bairro Novo; Gisele Marzalek Gumiela, do núcleo do Boqueirão; Sandra de Lima, do núcleo de Santa Felicidade; Danielle Nichelle Ferreira de Souza, do núcleo do Pinheirinho; Adriane Galiski, do núcleo do Tatuquara; e Maria Eliana Tenório. 



Fonte: Prefeitura de Curitiba

Fonte oficial: Curitiba Turismo

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Locomotiva Viagens. Lembramos ainda que o Locomotiva Viagens é um site jornalístico, que apenas divulga as promoções de passagens aéreas, ele não vende nenhum produto ou serviço. Você deve comprar na empresa de sua preferência, sempre observando as regras de cada passagem.