MTur participa do Fórum Político Latino-Americano sobre Turismo de Eventos

INTERNACIONAL

Sexta edição do evento e 12ª Feira Internacional do Mercado de Reuniões e Viagens de Incentivo da América Latina acontecem em Santiago, no Chile

Por Geraldo Gurgel

Secretário Bob Santos com os representantes da companhia aérea chilena Sky Airline e da Câmara de Comércio Chileno-Brasileira. Foto: Divulgação MTur

O secretário nacional de Integração interinstitucional do Ministério do Turismo, Bob Santos, se reuniu nesta segunda-feira (10), em Santiago, no Chile, com o diretor comercial da companhia aérea de baixo custo Sky Airline, Marcelo Rodriguez, e a representante da Câmara de Comércio Chileno-Brasileira, Lara Buttice. O encontro fez parte da agenda de negócios do dirigente do MTur no 6º Fórum Político Latino-Americano de Turismo de Eventos, com o objetivo de atrair investimentos para o Brasil.

“Com a total abertura do Brasil ao capital para estrangeiras do setor aéreo, o MTur busca parceiros e investidores para o mercado doméstico. A SKY, que já opera com voos internacionais do Chile para o Brasil, poderá ampliar sua atuação no Brasil”, explicou o secretário.

Nesta terça-feira (11), entre outros compromissos, Bob Santos tem agenda com o gerente de sustentabilidade do Grupo Explora, Juan Marambio. O grupo tem forte atuação na Patagônia chilena, com atrativos naturais e meios de hospedagem. O Brasil também busca parceiros para a concessão e exploração dos atrativos turísticos do parque nacionais.

“A nossa participação é importante para o MTur mostrar o potencial do Brasil no evento. O Fórum permite a troca de informações com especialistas internacionais com o objetivo de apoiar os governos a melhorarem o seu posicionamento no mercado do turismo, além de profissionalizar o segmento tão importante para a geração de trabalho e renda no Brasil”, afirmou o secretário Bob Santos.

FIEXPO LATIN AMERICA – A 12ª Feira Internacional do Mercado de Reuniões e Viagens de Incentivo da América Latina (FIEXPO), com programação até quarta-feira (12), discute o mercado de reuniões e incentivos para a promoção da infraestrutura e serviços na América do Sul, América Central, Caribe e México.

Durante dois dias, os organizadores de eventos internacionais, reunidos no Chile, terão encontros com os representantes de associações profissionais que realizam eventos periódicos em todo continente. A FIEXPO, considerada a principal feira de turismo de eventos, é o espaço onde a América Latina mostra a sua capacidade para a realização de eventos internacionais, tanto internos como os capturados em outros continentes.

Serão discutidos temas como as ações para fortalecer o protagonismo dos destinos secundários frente às capitais, a integração entre as associações e os organismos internacionais de turismo de eventos e as diferenças entre serviços turísticos e serviços para eventos, visando o bom atendimento aos clientes que participam de congressos, feiras e exposições, entre outros eventos de negócios e corporativos.

TURISMO DE EVENTOS NO BRASIL – O Brasil é o principal destino de turismo de negócios e eventos da América Latina, sendo São Paulo a metrópole que recebe o maior número de eventos nacionais e internacionais no país. O país ocupa a 17ª posição no ranking mundial de 2018. A constatação é de um estudo divulgado pela Associação Internacional de Congressos e Convenções (ICCA). Os Estados Unidos continuam sendo o país que mais recebe congressos e convenções de negócios, seguido por Alemanha, Espanha e França.

Dados do Ministério do Turismo apontam que, do total de turistas internacionais que visitaram o Brasil em 2017, 15,6% foram motivados por negócios, eventos e convenções. Os principais destinos foram: São Paulo (44,4%), Rio de Janeiro (23,6%), Porto Alegre (4,2%) e Curitiba (4,1%). O gasto médio desses viajantes per capita, por dia, foi de US$ 90,10.

O Ministério do Turismo tem destinado investimentos importantes para o desenvolvimento de projetos de infraestrutura em espaços para a realização de eventos desse porte. Desde sua criação, a Pasta já investiu mais de R$ 770 milhões na construção, reforma e compra de equipamentos para centros de convenções, viabilizando a ampliação do turismo de negócios e eventos em centros urbanos de médio e grande porte.

10.06.2019 bob ministros
Secretário Bob Santos com a ministra do Turismo do Equador, Rosi Prado de Holguín; o diretor da FIEXPO LatinAmerica, Arnaldo Nardone; e o ministro do Turismo da Argentina, Gustavo Santos. Foto: Divulgação MTur

Edição: Vanessa Sampaio

Fonte oficial: Ministério do Turismo

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Locomotiva Viagens. Lembramos ainda que o Locomotiva Viagens é um site jornalístico, que apenas divulga as promoções de passagens aéreas, ele não vende nenhum produto ou serviço. Você deve comprar na empresa de sua preferência, sempre observando as regras de cada passagem.

Comentários