Ministros criam Grupos de Trabalho para ajudar recuperação de Brumadinho

BRUMADINHO

Titulares do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, e da Cidadania, Osmar Terra, abrem primeira reunião de trabalho em maio


O ministro Marcelo Álvaro Antônio vai liderar o GT do Desenvolvimento Econômico. Foto: Roberto Castro/MTur

Por Vanessa Sampaio

Os ministros do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, e da Cidadania, Osmar Terra, reuniram-se nesta sexta-feira (12) em Brumadinho (MG) com o prefeito municipal, Avimar Barcelos, autoridades estaduais e empresários de diversos setores econômicos para mais uma etapa da força-tarefa integrada de reconstrução da região, atingida pelo rompimento da barragem de Córrego do Feijão em 25 de janeiro.

Os ministros estabeleceram a criação de cinco Grupos de Trabalho setorizados, compostos por representantes públicos e privados para somar esforços em torno de projetos comuns. O ministro Marcelo Álvaro Antônio vai liderar o grupo do Desenvolvimento Econômico, onde serão planejadas e executadas as iniciativas para fortalecer o setor de turismo na região. Os demais grupos serão relacionados às áreas de Saúde, Educação, Desenvolvimento Social e Financiamento. A primeira reunião do grupo está prevista para maio.

Durante a reunião, o titular do Turismo comemorou ainda a autorização concedida pela MRS Logística, concessionária que administra a linha ferroviária no trecho entre Belo Horizonte e Brumadinho, para a implantação de um trem turístico de passageiros até o Instituto Inhotim. “Vamos delinear esse projeto do trem, mostrar que a cidade está viva e tem forças para se reerguer. O nosso esforço conjunto vai ajudar Brumadinho a vencer essa etapa difícil e Inhotim será fundamental. O turismo é o setor que vai abraçar as dificuldades e devolver o sorriso para a população”, declarou.

Para o ministro Osmar Terra, o turismo será fundamental para a recuperação da região. “É a chave para diversificar os arranjos produtivos locais para que não dependam exclusivamente do setor de mineração”, garantiu. Ele disse que o governo vai mapear programas federais e transformar Brumadinho em projeto piloto de desenvolvimento.

O diretor Comercial e Institucional do Carrefour, Emerson Azenha, anunciou que o grupo está disposto a direcionar as compras para fornecedores locais e produtores rurais da cidade. Já o diretor geral da Fundação Itaú Cultural, Eduardo Saron, afirmou que planeja, em parceria com Inhotim, um calendário de ações culturais que envolvem a Orquestra Filarmônica de Minas Gerais, o Grupo Corpo e cantores nacionais, entre outras atrações. “O objetivo é pensar estrategicamente o turismo cultural com excelência, a partir do que representa Inhotim, um lugar que faz bem para o mundo”, comentou.

Já o diretor-executivo do Instituto Inhotim, Antônio Grassi, destacou que a programação especial se estenderá por seis meses, com pelo menos sete grandes shows no museu, considerado o maior do mundo a céu aberto. “Começa dia 27, com Lenine. E a cada mês teremos um grande show. São iniciativas que põem em destaque a capacidade de Minas para se reconstruir, seus talentos e o nosso vínculo com a comunidade e a região, cada vez mais forte”, detalhou.

12 04 2019 inhotim
Os ministros do Turismo e da Cidadania também visitaram o Instituto Inhotim. Foto: Roberto Castro/MTur

Fonte oficial: Ministério do Turismo

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Locomotiva Viagens. Lembramos ainda que o Locomotiva Viagens é um site jornalístico, que apenas divulga as promoções de passagens aéreas, ele não vende nenhum produto ou serviço. Você deve comprar na empresa de sua preferência, sempre observando as regras de cada passagem.

Comentários