Favoritos das crianças, resorts e parques temáticos faturam mais no feriado

FERIADO

Expectativa de ocupação nos resorts para o feriadão de 12 de outubro está entre 85% a 90% e o faturamento esperado é cerca de 5% acima do ano passado

Por Geraldo Gurgel

Beto Carrero World, em Penha (SC), maior parque temático da América Latina. Foto: Renato Soares/Banco de Imagens do MTur

De tão completos, parques temáticos e resorts são considerados os principais atrativos de muitos destinos brasileiros. Não por acaso, alguns deles funcionam integrados em grandes complexos turísticos de hospedagem e entretenimento, o que os credencia como os favoritos das famílias para as viagens do feriado do Dia da Criança.

É o caso da brasiliense Luciana Boson, que embarcou no último domingo (7) com o marido Reinaldo e o filho Arthur, de 5 anos, para uma semana de folga no Beach Park. A proposta do passeio é realizar um pedido do pequeno: visitar, pela segunda vez, o parque aquático da costa cearense. “O espaço do parque destinado à família é muito bom. Então já que ele gostou e eu e meu marido também aprovamos a hospedagem integrada ao parque, vamos ficar uma semana com o Arthur e nos divertir também”, conta.

Para criar diferenciais de programação, os resorts investem em atrações para o público infantil e faturam alto com a estadia de famílias, o que gera um pico de ocupação entre 85% e 95% nesta época, marcando o início da alta temporada do segmento.

De acordo com dados da associação Resorts Brasil (ABR), 48 equipamentos com pacote “all inclusive”– que pode combinar hospedagem com lazer e pensão completa – devem faturar 5% a mais neste 12 de outubro, em comparação com o mesmo período do ano passado. O faturamento médio anual do segmento gira em torno dos R$ 2 bilhões, segundo o presidente da ABR, Alberto Cestrone.

Os resorts são grandes “fábricas” de empregos no Brasil, de acordo com avaliação do ministro do Turismo, Vinicius Lummertz. “A diversidade desses atrativos complementa a oferta de natureza do país na medida em que leva infraestrutura e gera e mantém postos de trabalho atendidos pela população local. Além disso, representam uma importante vantagem competitiva do turismo interno, considerando que o perfil dos hóspedes nos resorts brasileiros é 91% nacional e apenas 9% internacional”, analisa o ministro.

INFRAESTRUTURA INTEGRADA – Alguns resorts estão totalmente integrados com parques temáticos brasileiros. É o caso do Beach Park, em Aquiraz (CE), destino de sol e mar para toda a família; e do Hot Park, em Rio Quente (GO), onde o destaque são as águas termais naturais de 18 nascentes que ficam dentro do complexo hoteleiro.

Já o Beto Carrero World, em Penha (SC), maior parque temático da América Latina com cerca de 2 milhões de visitantes ao ano, pode se tornar o principal atrativo do primeiro distrito turístico do Brasil. A ideia é que um amplo projeto de melhorias de infraestrutura urbana e entorno do parque comece a sair do papel assim que a proposta de R$ 30 milhões apresentada ao Prodetur+Turismo, do MTur, seja aprovada.

Outra opção com alta demanda no feriado do Dia da Criança é o resort flutuante Grand Amazon. Nesse período, a baixa do rio Amazonas transforma a navegação em uma grande experiência familiar: da pesca esportiva à gastronomia legitimamente amazônica, o passeio tem tudo incluído em uma das embarcações mais luxuosas do país. Uma das muitas peculiaridades do cruzeiro fluvial é o encontro das águas dos rios Solimões e Negro, fenômeno natural apreciado de perto pelos turistas a bordo.

08.10.2018 beachpark montagem
Família Boson, de Brasília (DF), está no Beach Park e elogia infraestrutura integrada do Beach Park ao resort. Fotos: Arquivo Pessoal e Jadec/Banco de Imagens do MTur

Edição: Vanessa Sampaio

Fonte oficial: Ministério do Turismo

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Locomotiva Viagens. Lembramos ainda que o Locomotiva Viagens é um site jornalístico, que apenas divulga as promoções de passagens aéreas, ele não vende nenhum produto ou serviço. Você deve comprar na empresa de sua preferência, sempre observando as regras de cada passagem.

Comentários