Dia Mundial realça capacidade de inclusão do Turismo

Últimas notícias

Responsável por boa parte dos empregos no planeta, setor conquista avanços no Brasil e se consolida como forte indutor do desenvolvimento econômico e social

Por André Martins, com informações da OMT

Em 2019, lema do Dia Mundial do Turismo escolhido pela OMT exalta poder de geração de empregos da indústria

Esta sexta-feira (27) é o momento de festejar um setor que impacta positivamente vários outros ramos da economia global e que exibe sucessivas provas do seu papel na geração de oportunidades. Não por acaso, o tema ‘Turismo e emprego: um futuro melhor para todos’ foi escolhido neste ano pela Organização Mundial do Turismo (OMT) para marcar o Dia Mundial da atividade, responsável por nada menos que 319 milhões de postos de trabalho em todo o planeta.

A celebração da OMT ocorre na cidade Nova Deli, na Índia, com um evento que debate formas de incrementar a crescente capacidade do turismo de favorecer a inclusão profissional. No próximo ano, de forma inédita, a data será comemorada no Mercosul, provavelmente em Foz do Iguaçu (PR). O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, ressalta que o Brasil adota medidas no sentido de reforçar o aproveitamento do potencial do país – e já colhe resultados promissores nesta direção.

“O turismo, segundo o IBGE, criou quase 5% a mais de empregos no Brasil durante o primeiro semestre do que no mesmo período do ano passado. O nosso setor é o principal vetor da abertura de vagas no mercado de trabalho, e de forma muito rápida, imediata. Portanto, o turismo vem mostrando que talvez seja o principal agente do desenvolvimento econômico. O que nós precisamos agora é trabalhar e aproveitar o bom momento que o Brasil vive sob a liderança do presidente Jair Bolsonaro”, conclama o ministro.

Marcelo Álvaro enfatiza que iniciativas desenvolvidas pelo governo federal na área buscam elevar a absorção de mão de obra por meio do turismo. Caso da isenção de vistos a cidadãos de países estratégicos, que aumenta a procura do Brasil por visitantes e movimenta os destinos nacionais; e da abertura de empresas aéreas ao capital estrangeiro, que desperta o interesse do mercado e estimula a chegada de empresas aéreas low costs ao país.

O ministro acrescenta que o MTur trabalha para garantir avanços no turismo náutico e rodoviário, além do melhor aproveitamento de Patrimônios Mundiais. Um exemplo é a Rota das Missões Jesuíticas, no Rio Grande do Sul, que, graças a um acordo junto ao Mercosul, passa por um processo de estruturação. Outros casos envolvem Angra dos Reis (RJ) e a Serra da Capivara (PI), regiões já percorridas por técnicos do órgão para a identificação de necessidades e a continuidade de planos de desenvolvimento.

O secretário-geral da OMT, Zurab Pololikashvili, enaltece o empenho global por aprimoramentos. “Bem administrado, o crescimento contínuo de nosso setor abrangerá inúmeras oportunidades e permitirá que o turismo cumpra sua responsabilidade social. Por esse motivo, governos e partes interessadas dos setores público e privado estão cada vez mais trabalhando para gerenciar o turismo de maneira responsável e sustentável e garantir que seu enorme potencial seja aproveitado adequadamente”, elogia.

TRANSFORMAÇÃO

O poder do turismo de beneficiar destinos coleciona cases no Brasil. Em São João d’Aliança (GO), que integra a Chapada dos Veadeiros, o aproveitamento da Cachoeira do Label – a maior do estado – desde o início de 2018, mudou os rumos da região. Marcello Clacino, sócio da reserva que abriga o atrativo, conta que a iniciativa incentivou o empresariado local. “Outros donos de terras abriram atrativos, e os hotéis e restaurantes começaram a ser movimentados. Mudou a nossa vida e de todo o município”, comenta.

Outro exemplo vem de Natividade, cidade mais antiga do Tocantins, famosa pelos casarios coloniais do século XVII. A empresária Jorcinere Maranhão, dona de uma pousada e de um restaurante no município, frisa que a exploração do potencial local deu esperança a moradores até então sem perspectivas. “A região, que não tinha oportunidade de emprego e renda, hoje vive do turismo. Muitas pessoas simples, inclusive sem estudo nenhum, hoje são excelentes guias e condutores”, relata.

DEPOIMENTOS

Por ocasião do Dia Mundial do Turismo, o MTur produziu vídeos que ilustram o poder transformador do mercado de viagens e a percepção de visitantes e trabalhadores do setor quanto à importância do segmento. As peças retratam a contratação de um funcionário, até então desempregado, por um hotel de Fortaleza (CE) e reúnem depoimentos de viajantes e profissionais da área a respeito de suas experiências em variados destinos nacionais.

Edição: Cecília Melo

Fonte oficial: Ministério do Turismo

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Locomotiva Viagens. Lembramos ainda que o Locomotiva Viagens é um site jornalístico, que apenas divulga as promoções de passagens aéreas, ele não vende nenhum produto ou serviço. Você deve comprar na empresa de sua preferência, sempre observando as regras de cada passagem.

Comentários