Destinos

Principal destino histórico e de ecoturismo de Goiás ganha atrativo ecológico com acessibilidade e jardim sensorial; refúgio turístico prioriza o lazer e a educação ambiental

 

Por Geraldo Gurgel

Cachoeira com barras de acessibilidade. Crédito:Divulgação/refúgio/Avalon

Pertinho do centro histórico de Pirenópolis (GO), ao pé da Serra dos Pireneus, uma chácara foi aberta à visitação turística com o propósito de educar e propiciar contato direto com a natureza, inclusive para pessoas com mobilidade reduzida, cadeirantes e com deficiência visual. O refúgio ecológico, que passou por adaptações para promover acessibilidade e turismo sensorial, é a extensão rural de uma das poucas pousadas da cidade onde o visitante com deficiência tem autonomia para se deslocar e desfrutar dos serviços oferecidos no local de hospedagem.

Localizada às margens do rio das Almas, que corta o município, o local ainda preserva as marcas da intensa atividade mineral na região entre os séculos VIII e XIX. O turista caminha por trilhas sinuosas, entre paredes de pedras construídas pelos escravos, fazendo o mesmo percurso dos garimpeiros. Eles exploravam o ouro abrindo valas e seguiam o caminho dos filões escavando a terra. Como marca da atividade econômica mais recente no município, a extração de pedras ornamentais que, gradativamente vem sendo substituída pelo turismo, o proprietário ainda mantém uma pedreira desativada, aberta à visitação. Boa parte do labirinto de 900 metros pode ser feito por cadeirantes, idosos e demais pessoas com mobilidade reduzida. Se o visitante se cansar, basta aproveitar as redes, balanços e gangorras espalhados pelas árvores e continuar apreciando a exuberante paisagem do Cerrado. Os caminhos também levam à espaços para momentos de reflexão praticados isoladamente ou em grupo em contato com a energia dos cristais na natureza, outra riqueza da região.

O ecoturismo permite ao visitante uma série de experiências que aliam o conhecimento ao lazer. São diversas ações sustentáveis como o aproveitamento da água da chuva, minhocário, tratamento de dejetos e produção de hortaliças. Ainda hoje, a chácara abastece a pousada com produtos orgânicos e extraídos da natureza. Um dos destaques é o jardim sensorial com mais de 100 exemplares de plantas medicinais, condimentares e ornamentais. Os deficientes visuais acessam o labirinto de canteiros com indicações em braile e também identificam as espécies pelo cheiro característico de cada planta. Fontes de água e sinais sonoros, entre outros estímulos aos sentidos, permitem maior autonomia ao visitante. Os demais turistas, com os olhos vendados, são convidados a experimentar, tocar e sentir as diversas texturas, fragrâncias e sabores das plantas e frutas, ampliando a experiência sensorial.

Pescar e soltar o peixe na água em perfeitas condições de sobrevivência é outra prática de lazer ecologicamente correta estimulada aos visitantes, tornando-os fortes aliados da preservação do meio ambiente. O turista ainda pode, literalmente, se lambuzar de lama em um banho de argila, rica em alumínio e silício, em mais uma experiência sensorial. E, a qualquer momento, se refresca na cachoeira. O turista cadeirante ou com dificuldade de locomoção chega de carro até a margem do rio e acessa a cascata através de uma rampa. A cachoeira tem barras de apoio para maior segurança durante o banho.

Duas trilhas não são recomentadas para idosos, pessoas com deficiência e crianças pequenas. A pesar de educativa, a trilha do Resgate, de baixo grau de dificuldade e trajeto de 300 metros, tem um percurso de obstáculos que retratam o modo de locomoção das pessoas nas fazendas do passado. São puladores, passadiços, colchetes, pinguelas, mata burros e porteiras, entre outros. Já a trilha do Mirante, com alto grau de dificuldade, tem trajeto íngreme de 1.400 metros. O percurso conta com estações de contemplação com vista para Rio das Almas, paredões de até 30 metros de altura e a cidade de Pirenópolis ao fundo.

Fonte oficial: Ministério do Turismo

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Locomotiva Viagens. Lembramos ainda que o Locomotiva Viagens é um site jornalístico, que apenas divulga as promoções de passagens aéreas, ele não vende nenhum produto ou serviço. Você deve comprar na empresa de sua preferência, sempre observando as regras de cada passagem.

No próximo mês, na tarde do dia 27, a capital paranaense vai receber o “Experiência Braztoa Sul”, evento destinado exclusivamente a agentes de viagens. Entidade representativa das operadoras turísticas nacionais, a Braztoa tem como objetivo com essa iniciativa aproximar parceiros, provocar interação e oferecer oportunidade de atualização para profissionais do segmento. Tudo isso, tendo no horizonte a promoção de negócios e o fomento da economia do turismo.

Para o evento – a ser realizado nos espaços do Expo Unimed Curitiba e com previsão de reunir agentes de viagens dos três estados sulinos – já está confirmada a presença de grandes operadoras brasileiras, a exemplo da Abreutur, BWT, Agaxtur, BRT, Flytour, Sanchat Tour, Schultz, Trade Tours, Transmundi e Visual. Também participarão representantes de variados destinos turísticos.

“O Experiência Braztoa é um projeto único e amplo. E nessa edição, escolhemos Curitiba para sediá-lo. Passaremos uma tarde com os agentes de viagens transmitindo conhecimento e cultura”, resume Magda Nassar, presidente da Braztoa.

Interessados em participar do evento devem fazer inscrição através do site www.braztoa.com.br

 

 



Fonte: Revista Panorama do Turismo

Fonte oficial: Curitiba Turismo

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Locomotiva Viagens. Lembramos ainda que o Locomotiva Viagens é um site jornalístico, que apenas divulga as promoções de passagens aéreas, ele não vende nenhum produto ou serviço. Você deve comprar na empresa de sua preferência, sempre observando as regras de cada passagem.

Plataforma online oferece capacitação para a área de turismo e pode ser acessada por qualquer dispositivo com internet



Fonte oficial: Portal Brasil Turismo

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Locomotiva Viagens. Lembramos ainda que o Locomotiva Viagens é um site jornalístico, que apenas divulga as promoções de passagens aéreas, ele não vende nenhum produto ou serviço. Você deve comprar na empresa de sua preferência, sempre observando as regras de cada passagem.

Institucional

Curso de capacitação online do Ministério do Turismo já conta com mais de sete mil inscritos. Inscrições podem ser feitas até 30 de setembro

 

Foto: Roberto Castro

A plataforma de ensino à distância Brasil Braços Abertos, destinada à qualificação profissional de pessoas que trabalham na linha de frente do turismo ou querem ingressar no mercado, já conta com 7.412 inscritos em todo o país. Os números foram registrado até 21 de junho. A região com o maior número de inscritos é a Sudeste, com 3.195 inscrições. Em seguida aparece o Nordeste com 1.701, seguido do Sul com 1.248. As regiões Norte e Centro-Oeste têm, respectivamente, 772 e 496 pessoas inscritas no curso oferecido pelo Ministério do Turismo.

O MTur vem articulando com os municípios a assinatura do termo de compromisso para a execução do programa em todo o país. Até o momento, 27 Unidades da Federação e 74 municípios aderiram à plataforma, se comprometendo, entre outras medidas de incentivo, a disponibilizar a estrutura necessária para que alunos sem acesso à internet possam participar do curso. 

“A adesão dos municípios ao termo de compromisso é fundamental para que possamos alcançar o maior número possível de pessoas interessadas em ampliar seus conhecimentos em temas relacionados ao turismo”, comenta a secretária Nacional de Qualificação e Promoção do Turismo do MTur, Teté Bezerra, lembrando que o número de inscritos é atualizado diariamente.

SOBRE O BRASIL BRAÇOS ABERTOS – Trata-se de uma plataforma tecnológica de aprendizado à distância e em ambiente digital, com oferta de 80 horas de aulas online nos diferentes módulos: Introdução, Atendimento, Comunicação e Temas Transversais.

O aluno pode realizar o curso por qualquer dispositivo com acesso à internet e contará com videoaulas e jogos educativos. Os interessados podem acessar o endereço brasilbracosabertos.turismo.gov.br e se inscrever até 30 de setembro. Ao final do curso, os profissionais poderão obter o certificado de conclusão – valorado como de extensão – pelo site do programa.

Fonte oficial: Ministério do Turismo

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Locomotiva Viagens. Lembramos ainda que o Locomotiva Viagens é um site jornalístico, que apenas divulga as promoções de passagens aéreas, ele não vende nenhum produto ou serviço. Você deve comprar na empresa de sua preferência, sempre observando as regras de cada passagem.

Cidade é um dos destinos turísticos mais procurados do Ceará e conhecida mundialmente pela beleza de suas praias, lagoas e manguezais



Fonte oficial: Portal Brasil Turismo

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Locomotiva Viagens. Lembramos ainda que o Locomotiva Viagens é um site jornalístico, que apenas divulga as promoções de passagens aéreas, ele não vende nenhum produto ou serviço. Você deve comprar na empresa de sua preferência, sempre observando as regras de cada passagem.

Em Campina Grande, na Paraíba, cerca de 2,5 milhões de pessoas são esperadas para os festejos

A festa de São João Batista é comemorada neste sábado (24) com eventos juninos em todo o País. De acordo com a tradição religiosa, a festa é celebrada para o “santo festeiro” que batizou Jesus Cristo. 

Confira o Calendário Nacional de Eventos do Ministério do Turismo.

Conheça algumas festas juninas que ainda estão ocorrendo pelo Brasil:

Norte

Macapá (Amapá): 01 a 24/06

Em Macapá, o aniversário de São João marca o último dia dos festejos, com a apresentação de grupos folclóricos e artistas locais. O público aproveita para participar do concurso do casal caipira, apreciar a exposição de artesanato e as comidas típicas.

Sul

Nova Prata (Rio Grande do Sul): 23 e 24/06

No município de Nova Prata, São João Batista é considerado padroeiro da cidade e o dia 24 é feriado municipal. A festa contará com mais de 30 apresentações culturais, além de brincadeiras típicas e quentão de vinho.

Nordeste

Patos (Paraíba): 20 a 25/06

O maior São João do sertão paraibano é o de Patos, que recebe turistas internacionais a fim de conhecerem um pouco mais da cultura junina. O evento é considerado o 4º maior São João Brasil e movimenta a economia turística do estado.

São João de Correntina (Bahia): 21 a 24/06

Correntina recebe milhares de pessoas que ajudam a fortalecer a tradicional festa de Santo Antônio e São João. A estrutura contará com apresentação de bandas de forró, concurso de sanfoneiros e de quadrilhas, além de brincadeiras como pau de sebo e boi de lino.

Campina Grande (Paraíba): 02/06 a 02/07

Cerca de 2,5 milhões de pessoas são esperadas para a festa em Campina Grande. O evento conta com palco principal em formato inédito de 360º, 18 restaurantes, 25 barracas de alimentação, 16 barracas da Vila Nova da Rainha e 112 bares que garantem entretenimento pelos 43 mil m² da festa. A preservação das raízes culturais da região são relembradas com espaços como o Memorial do Maior São João do Mundo, a Vila do Artesão e o Sítio São João.

Caruaru (Pernambuco): 03 a 29/06

O São João de Caruaru começou com uma reunião entre famílias, que acendiam fogueiras, preparavam comidas feitas de milho, soltavam fogos de artifício e dançavam ao som dos trios de forró. Com o tempo, a festividade atraiu mais pessoas e rendeu títulos à Caruaru, como o Maior e Melhor São João do Mundo e a Capital do Forró.

Sudeste

Machacalis (Minas Gerais): 22 a 24/06

Machacalis tem esse nome em homenagem a tribo dos índios maxakali, últimos remanescentes de indígenas que habitavam o território mineiro. O arraial por lá é uma oportunidade de integrar povoados e manifestar o folclore regional. O São João da cidade faz tanto sucesso que, em 2016, cerca de 10 mil pessoas prestigiaram a festa, enquanto a população do município é de aproximadamente 6.974 habitantes.

Centro-Oeste

Corumbá (Mato Grosso do Sul):  22 a 25/06

Mato Grosso do Sul celebra uma festa de fé: certificada como Patrimônio Imaterial do estado, o São João é realizado como pagamento de uma promessa por uma graça alcançada ou em agradecimento à São João Batista. O santo é banhado nas águas do Rio Paraguai na madrugada do dia 23 para 24 de junho, atraindo 3 mil turistas.

Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério do Turismo

Fonte oficial: Portal Brasil Turismo

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Locomotiva Viagens. Lembramos ainda que o Locomotiva Viagens é um site jornalístico, que apenas divulga as promoções de passagens aéreas, ele não vende nenhum produto ou serviço. Você deve comprar na empresa de sua preferência, sempre observando as regras de cada passagem.

Institucional

Voo inaugural, com turistas de São Paulo, marcará o início de um novo clico para o turismo cearense

Por Geraldo Gurgel

Crédito: Embratur

Quando o primeiro voo comercial pousar no Aeroporto Regional de Jericoacora, no município de Cruz, neste sábado (24), o Ceará estará inaugurando uma nova fase para o turismo no estado. Com capacidade inicial para receber três voos diários e até 600 mil passageiros por ano, o aeroporto do destino cearense mais badalado do momento irá receber voos regulares e fretados.

O terminal encurtará os 300 km que separam Jericoacoara de Fortaleza, por onde chega, atualmente, a maioria dos turistas interessados em conhecer os atrativos naturais da região. O trajeto antes feito exclusivamente de carro, em uma viagem com duração entre quatro e cinco horas, poderá ser feito em menos de uma hora de voo.

“Um dos principais impasses para o crescimento do turismo regional é a questão da conectividade entre as cidades brasileiras. Com a abertura do capital das companhias aéreas, a competitividade entre as empresas aumentará e isso vai gerar mais voos para os destinos e passagens mais baratas, beneficiando o turista”, defende o ministro do Turismo, Marx Beltrão.

Com o intuito de estimular esse mercado, está em tramitação, na Câmara dos Deputados, o  Projeto de Lei 7425/17 que modifica o Código Brasileiro de Aeronáutica que atualmente limita em 20% a participação do capital estrangeiro. A proposta de ampliar esse valor a 100% integra o Brasil + Turismo, pacote de medidas para fortalecer o setor no Brasil.

DESTINO – A praia de Jericoacora foi escolhida pelos seguidores do TripAdvisor como o melhor destino turístico da América do Sul e o 3º do mundo entre 43 destinos pesquisados em 2016. A antiga vila de pescadores é acessada por uma estrada de terra de 20 km, em carros tracionados, a partir de Jijoca de Jericoacoara onde termina o asfalto.

O destino é conhecido mundialmente pela beleza das praias, dunas, lagoas  e manguezais da costa cearense. O local oferece opções de hospedagem desde albergues e campings para mochileiros até hotéis de luxo. Come-se muito bem em restaurantes caseiros ou sofisticados. As ruas são de terra e, apesar de existir energia elétrica, não há iluminação pública.

Os trajetos entre a vila e os principais atrativos turísticos são feitos a pé, de cavalo ou de buggy. Alguns estão situados no entorno do Parque Nacional de Jericoacoara, como as lagoas do Paraíso e Azul. São lagoas permanentes com pausas para banhos refrescantes e estrutura de redários na água, bares, restaurantes e esportes náuticos. Já as lagoas temporárias são uma atração à parte para quem caminha sobre as dunas.


Pedra Furada. Crédito: Embratur

A Pedra Furada é um cartão postal e ícone da paisagem do parque, além de visita obrigatória para os turistas.  Já o Serrote, no caminho da Pedra Furada, é uma formação rochosa que se eleva a partir da praia, com o ponto mais alto a 99 metros do nível do mar, onde localiza-se o farol. As praias de águas mornas são a maior atração de Jericoacoara. A Duna do Pôr do Sol, na enseada com praia voltada para o poente, proporciona um belo espetáculo aos turistas e moradores que contemplam diariamente o sol se pondo sobre o mar. A plateia encerra o dia e recebe a noite estrelada sempre com uma salva de palmas.

 

 

 

 

Fonte oficial: Ministério do Turismo

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Locomotiva Viagens. Lembramos ainda que o Locomotiva Viagens é um site jornalístico, que apenas divulga as promoções de passagens aéreas, ele não vende nenhum produto ou serviço. Você deve comprar na empresa de sua preferência, sempre observando as regras de cada passagem.

FESTEJOS JUNINOS

Festejos são realizados nos cinco cantos do país em comemoração ao dia do “santo festeiro”. Confira o calendário, escolha um evento e boa diversão!

Por Nayara Oliveira

Os festejos juninos acontecem durante dois meses, mas é no sábado, 24 de junho, que eles ficam ainda mais especiais. A data é atribuída ao aniversário de São João Batista e comemorada nas cinco regiões do país, com atividades culturais e gastronomia. De acordo com a tradição religiosa, a festa é celebrada para o “santo festeiro” que batizou Jesus Cristo.

A Agência de Notícias do Turismo selecionou alguns destinos de festas, mas o viajante pode conferir mais atividades no Calendário Nacional de Eventos do MTur. Dessa forma, fica fácil escolher o melhor festejo e não perder nenhum momento dessa riquíssima tradição brasileira.

Norte

Quadra Junina (Macapá – AP) – 01 a 24/06
Em Macapá, o aniversário de São João marca o último dia dos festejos, com a apresentação de grupos folclóricos e artistas locais. O público aproveita para participar do concurso do casal caipira, apreciar a exposição de artesanato e, claro, se deliciar com as comidas típicas.

Festejo Junino de Alvorada (TO) – 23 e 24/06 
Um dos maiores eventos culturais da região sul do estado conta com apresentação de artistas regionais, grandes bandas de forró e competição de quadrilhas. A comida é feita pela comunidade, que vende as delícias típicas da festa. Além de se divertir, o festeiro que escolher Alvorada ajuda a fomentar o comércio local e a carreira de pequenos empreendedores da região.

Sul


São João de Nova Prata. Crédito: Prefeitura

Festa Junina (Nova Prata – RS) – 23 e 24/06
No município de Nova Prata, São João Batista é considerado padroeiro da cidade e o dia 24 é feriado municipal. A festança por lá será grande e contará com mais de 30 apresentações culturais, além de brincadeiras típicas. Aproveite para experimentar o quentão de vinho que será vendido nas barraquinhas de bebidas.

Festa de São João Batista (Camaquã – RS) – 24/06
São João também é padroeiro de Camaquã e a cidade entra em festa no dia 24 de junho. Para celebrar a data, o município acende a Grande Fogueira de São João e realiza uma queima de fogos de artifício. As danças e comidas típicas também não ficam de fora e são apreciadas por moradores e pelas pessoas de cidades vizinhas.

Nordeste


São João de Patos. Crédito: Prefeitura

São João de Patos (PB) – 20 a 25/06
O maior São João do sertão paraibano é o de Patos, que recebe turistas internacionais a fim de conhecerem um pouco mais da cultura junina. O evento é considerado o 4º maior São João Brasil e movimenta a economia turística do estado.

5ª Festa Resgate Cultural São João de Correntina (BA) – 21 a 24/06
Correntina recebe milhares de pessoas que ajudam a fortalecer a tradicional festa de Santo Antônio e São João. A estrutura para acolher tanta gente contará com apresentação de bandas de forró, concurso de sanfoneiros e de quadrilhas, além de brincadeiras como pau de sebo e boi de lino. O arraial vai ser animado!

O Maior São João do Mundo (Campina Grande – PB) – 02/06 a 02/07
Cerca de 2,5 milhões de pessoas são esperadas para curtir a festança em Campina Grande. O evento conta com palco principal em formato inédito de 360º, 18 restaurantes, 25 barracas de alimentação, 16 barracas da Vila Nova da Rainha e 112 bares que garantem entretenimento pelos 43 mil m² da festa. A preservação das raízes culturais da região são relembradas com espaços como o Memorial do Maior São João do Mundo, a Vila do Artesão e o Sítio São João.

São João de Caruaru (PE) – 03 a 29/06
O São João de Caruaru começou com uma reunião entre famílias, que acendiam fogueiras, preparavam comidas feitas de milho, soltavam fogos de artifício e dançavam ao som dos trios de forró.

Sudeste


Festa Junina São João de Machacalis. Crédito: Prefeitura

Festa Junina São João de Machacalis (MG) – 22 a 24/06
Machacalis tem esse nome em homenagem a tribo dos índios maxakali, últimos remanescentes de indígenas que habitavam o território mineiro. O arraial por lá é uma oportunidade de integrar povoados e manifestar o folclore regional. O São João da cidade faz tanto sucesso que, em 2016, cerca de 10 mil pessoas prestigiaram a festa. Para se ter uma ideia, a população do município é de aproximadamente 6.974 habitantes, segundo Censo Demográfico do IBGE (2000).

São João de Seropédica (RJ) – 22 a 24/06
Com uma grande diversidade artística e cultural, a festa de Seropédica é considerada referência na região. No São João da cidade tem música de qualidade, concurso de quadrilhas, leilões, casamentos caipiras e gastronomia rural. O arraial é uma festa inesquecível para moradores e visitantes.

Centro-Oeste


Arraial do Banho de São João de Corumbá. Crédito:Renê Carneiro/Prefeitura de Corumbá

Arraial do Banho de São João de Corumbá (MS) –  22 a 25/06
Mato Grosso do Sul celebra uma verdadeira festa de fé. Certificada como Patrimônio Imaterial do estado, o São João é realizado como pagamento de uma promessa por uma graça alcançada ou em agradecimento à São João Batista. Por lá, o santo é banhado nas águas do Rio Paraguai na madrugada do dia 23 para 24 de junho, atraindo 3 mil turistas.

Festa do Padroeiro São João Batista (Colíder – MT) – 22 a 25/06
O evento em Colíder envolve 67 comunidades católicas ativas na cidade, reunindo aproximadamente 7 mil pessoas. Apresentações religiosas e juninas fazem parte das atrações, além de barracas de comidas e danças típicas. A festa é considerada tradição é responsável por disseminar a cultura religiosa de seu povo, resgatando o folclore junino.

 

 

Fonte oficial: Ministério do Turismo

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Locomotiva Viagens. Lembramos ainda que o Locomotiva Viagens é um site jornalístico, que apenas divulga as promoções de passagens aéreas, ele não vende nenhum produto ou serviço. Você deve comprar na empresa de sua preferência, sempre observando as regras de cada passagem.

Segundo levantamento do Ministério do Turismo, a intenção de viajar dos brasileiros cresceu 15% em relação ao mesmo período do ano passado

Um levantamento do Ministério do Turismo sobre a intenção dos brasileiros de viajar revela que 28,6% dos entrevistados devem usar o automóvel em suas próximas viagens pelo País, um crescimento de 47% em relação a 2016.

No entanto, segundo a pesquisa, a maioria dos turistas ainda irá usar o avião para deslocamento – 58,9% – um índice 6% maior que no ano anterior. 

O ônibus foi o único meio de transporte que registrou uma queda na preferência dos turistas, passando de 17,2%, em maio de 2016, para 11,8% neste ano. A pesquisa, realizada em maio, em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV), ouviu mais de 2 mil famílias em Brasília, Belo Horizonte, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo.

Cidades e hospedagem

Ainda segundo a pesquisa, 21,5% dos entrevistados afirmaram ter interesse em viajar nos próximos meses, aumento de 15% em relação ao mesmo período de 2016, 18,7%. Desses, 76,6% deverão optar por destinos nacionais. As regiões mais procuradas pelos viajantes deverão ser: Nordeste (50,8%); Sudeste (21,8%); Sul (17,9%); Centro-Oeste (7,4%) e Norte (2,1%).

Em relação à hospedagem, hotéis e pousadas seguem na liderança, com 52,7% da intenção dos entrevistados, contra 36,3% que deverão optar pela casa de parentes ou amigos. Para 11% das pessoas que pretendem viajar, a estadia será em residência própria, alugada ou outros.

Salvador (BA) se destacou como a cidade com maior intenção de viagens, 21,2% dos entrevistados informaram ter a intenção de viajar nos próximos seis meses. Trata-se do maior crescimento – 49% em relação ao mesmo período de 2016.

Em Belo Horizonte (MG), 27,9% dos entrevistados informaram o desejo de viajar, contra 21,7% no ano anterior. O levantamento registrou ainda crescimento no Rio de Janeiro (RJ) – de 13,7% para 18,8% – e em São Paulo (SP) – de 19,7% para 22,1%.

Já nas capitais Porto Alegre (RS) e Recife (PE) observou-se uma redução de 19,5% para 18,2% e 24,1% para 16,7%, respectivamente. A Capital Federal, Brasília, manteve-se estável em 24,9%.

Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério do Turismo

Fonte oficial: Portal Brasil Turismo

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Locomotiva Viagens. Lembramos ainda que o Locomotiva Viagens é um site jornalístico, que apenas divulga as promoções de passagens aéreas, ele não vende nenhum produto ou serviço. Você deve comprar na empresa de sua preferência, sempre observando as regras de cada passagem.

MERCADO

Boletim de Desempenho Econômico do Turismo do MTur mostra também que o setor receberá novos investimentos de abril a junho

Agência de viagens registraram aumento no faturamento. Crédito: Roberto Castro

A expectativa de reação da economia e o aumento da demanda doméstica tiveram impacto positivo no faturamento médio das empresas de turismo no primeiro trimestre deste ano. Segundo o Boletim de Desempenho Econômico do Turismo (BDET), estudo do Ministério do Turismo, o crescimento foi de 4,3%, de janeiro a março, na comparação com o mesmo período de 2016.

Os aumentos no faturamento médio foram registrados em cinco dos sete segmentos pesquisados. Variam de 21,3%, caso das operadoras de turismo, a 3,4% em parques e atrações turísticas. Entre as organizadoras de eventos, o crescimento foi 6,9%, enquanto nas agências de viagens houve alta de 5,7%, e no transporte aéreo de 5,4%. Os meios de hospedagem registraram queda de 0,4%, enquanto no turismo receptivo a baixa foi de 6,4%.

As perspectivas para o próximo trimestre são favoráveis, uma vez que 70% do setor manifestou a intenção de investir o montante de 10,3% do faturamento apurado.  No transporte aéreo, a expectativa de novos aportes nos negócios atinge 100% das empresas pesquisadas e nas operadoras de turismo 86%. As principais áreas a serem beneficiadas com os aportes de recursos são marketing e promoção de vendas, compra de novos materiais e treinamento de funcionários.

“Mais uma vez o turismo mostra que tem tudo para ajudar o Brasil a sair da crise. Acredito que o nosso setor pode se transformar numa ferramenta ainda mais eficaz de desenvolvimento se alguns ajustes propostos forem feitos”, afirmou o ministro do Turismo, Marx Beltrão. Em abril, o Ministério do Turismo lançou o Brasil + Turismo, um pacote de medidas para fortalecer o turismo com ações para enfrentar gargalos históricos do setor e de facilitação de viagens.

DESEMPENHO – As empresas atribuem o bom desempenho dos negócios à expectativa de reação da economia e ao aumento da demanda interna por viagens. Dados do setor aéreo, por exemplo, revelam que houve crescimento de 5,4% na demanda por voos domésticos em março, em comparação com o mesmo período do ano passado. “É importante destacar que o aumento da procura por voos acontece em meio à retomada do turismo de negócios e maior número de feriados prolongados”, destaca o boletim elaborado pela Fundação Getulio Vargas.

Como fatores inibidores da expansão dos negócios, as empresas apontam o momento econômico ainda desfavorável e os custos operacionais e financeiros. Para esta edição do Boletim de Desempenho Econômico do Turismo (BDET) foram ouvidas 782 empresas, que geram 70,1 mil postos de trabalho e tiveram faturamento de R$ 8,2 bilhões no trimestre.

 

 

 

Fonte oficial: Ministério do Turismo

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Locomotiva Viagens. Lembramos ainda que o Locomotiva Viagens é um site jornalístico, que apenas divulga as promoções de passagens aéreas, ele não vende nenhum produto ou serviço. Você deve comprar na empresa de sua preferência, sempre observando as regras de cada passagem.