PRT+INTEGRADO

Em Brasília, encontro promoveu troca de experiências e apresentou como os programas e ações do Ministério do Turismo podem ajudar os destinos a se qualificarem

Por Geraldo Gurgel


Seminário reuniu representantes de todas as regiões brasileiras. Foto: Geraldo Gurgel/MTur

Representantes de diversos segmentos do turismo de dez estados brasileiros estiveram reunidos nesta terça-feira (10), em Brasília, com secretários, diretores e coordenadores do Ministério do Turismo para a 5ª reunião do PRT + Integrado. Esses encontros apoiam o trabalho realizado nos estados pelos interlocutores do MTur e dirigentes das instâncias de governança das regiões turísticas (IRG´s) que formam o Mapa do Turismo Brasileiro.

“Esta é uma oportunidade de apresentarmos as ações e programas do Ministério do Turismo que servem de base para o desenvolvimento do setor de forma descentralizada, com atenção às especificidades e à diversidade da oferta turística de cada estado ou região”, destacou o secretário nacional de Estruturação do Turismo, Robson Napier, cuja secretaria é responsável pelo Programa de Regionalização do Turismo (PRT).

O secretário nacional de Integração Interinstitucional do MTur, Bob Santos, que também participou da abertura do evento, disse que a principal característica do PRT é a integração entre os gestores das IRG´s, os interlocutores dos estados e o MTur, para, juntos, desenvolver um trabalho alinhado de fortalecimento do turismo regional. “A integração de forma pactuada é fundamental para a construção de parcerias e atuação conjunta do MTur com outros órgãos e instituições”, afirmou.

Entre as ações destacadas no encontro, estão projetos desenvolvidos em parceria pelo MTur e ministérios do Meio Ambiente e da Cidadania para fortalecer as atividades turísticas nos parques nacionais e cidades históricas. O MTur também trabalha para formar uma rede brasileira de cidades criativas, com o objetivo de atrair visitantes e fomentar a economia dos destinos através do incentivo a atividades como o artesanato, a gastronomia, o design, o cinema, a música e a literatura, entre outras áreas relacionadas.

Até o fim do dia também serão discutidos temas como segurança turística, sustentabilidade e turismo responsável, além da regularização e fiscalização dos prestadores de serviços turísticos no Brasil. O Cadastur e o Mapa do Turismo Brasileiro estão entre as ferramentas que orientam várias ações do MTur realizadas em parceria com estados e municípios – é o caso de repasses de recursos para obras de infraestrutura e de programas de financiamento de projetos públicos e privados como o Prodetur + Turismo e o Fungetur, além de programas de qualificação e capacitação no turismo.

O propósito do encontro foi promover a troca de experiências entre os líderes das governanças turísticas regionais de todo o Brasil, além de aprimorar a comunicação entre os governos federal, estadual e municipal e agentes envolvidos no PRT. A diretora do Departamento de Ordenamento do Turismo do MTur, Silvana Melo do Nascimento, ressaltou que a interlocução entre os participantes do PRT + Integrado ajuda a sanar gargalos identificados em áreas de grande importância para o desenvolvimento da Política Nacional do setor.

Edição: Vanessa Sampaio

Fonte oficial: Ministério do Turismo

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Locomotiva Viagens. Lembramos ainda que o Locomotiva Viagens é um site jornalístico, que apenas divulga as promoções de passagens aéreas, ele não vende nenhum produto ou serviço. Você deve comprar na empresa de sua preferência, sempre observando as regras de cada passagem.

erminam neste sábado (13/7), as Feiras de Inverno das praças Osório e Santos Andrade. São mais de 70 barracas de produtos artesanais que prometem aquecer os dias frios.

Com preços especiais, os artesãos vendem mantas, bolsas térmicas, pijamas quentinhos, pantufas, gorros.

As opções de gastronomia também espantam o frio. Há barracas com quentão e pinhão, além das comidas típicas chilenas, mexicanas, bolivianas, belgas, italianas, polonesas, japonesas, mineiras, amazônicas, sanduíches de carne, salgados e saborosos pastéis fritos na hora.

Em clima de balanço

A artesã Gracie Bollmann participa da feira na Praça Osório há nove anos e começou a produção dos artigos para vender nesta edição em novembro do ano passado. A expectativa era superar as vendas de 2018, mas ela conta que a onda de calor de junho prejudicou os planos.

Apesar disso, Gracie vendeu cerca de 150 gorros, além das golas de lã, coberturas para jarras e abraçadeiras para cortinas.

“Nas últimas duas semanas o movimento aumentou bastante, os clientes estão até pedindo mais uma semana de feira, quem sabe no ano que vem a gente consiga ampliar as datas”, diz a artesã.

Serviço: Feiras de Inverno

Data: até dia 13/7 (sábado)

Local: Praça Osório

Horário: 10h às 21h

Local: Praça Santos Andrade

Horário: 10h às 20h



Fonte: Prefeitura de Curitiba

Fonte oficial: Curitiba Turismo

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Locomotiva Viagens. Lembramos ainda que o Locomotiva Viagens é um site jornalístico, que apenas divulga as promoções de passagens aéreas, ele não vende nenhum produto ou serviço. Você deve comprar na empresa de sua preferência, sempre observando as regras de cada passagem.

Quer conhecer uma nação promissora e que desponta como uma das maiores economias do mundo? Então, precisa visitar a Alemanha! Saiba tudo sobre o país aqui.

Considerada uma das nações mais prósperas e ricas de todo o mundo, a Alemanha guarda uma cultura e história milenares. A região serviu de palco para batalhas marcantes do período moderno, figurando como uma das protagonistas da Segunda Guerra Mundial.

Na atualidade, ela desponta como a economia mais potente da União Europeia e a quarta mundialmente (depois dos Estados Unidos, China e Japão).

O país é superavançado em vários setores: tecnológico, produtos químicos, eletrônicos, alimentos e bebidas, construção naval, automobilístico, fabricação de produtos de ferro e aço etc. Além disso, o idioma alemão é considerado o quinto mais importante do mundo, atrás somente do inglês, mandarim, espanhol e francês.

Ficou interessado em conhecer de perto esse país tão intenso e acolhedor? A MaxMilhas reuniu algumas dicas para você montar o seu roteiro para viajar na Alemanha. Boa leitura!

Quais são os principais pontos turísticos da Alemanha?

A cultura germânica guarda infinitas atrações para todos os gostos. A seguir, vamos mostrar os principais pontos turísticos da Alemanha. Veja só!

Catedral de Colônia (Colônia)

A Catedral de Colônia é o verdadeiro cartão-postal dessa cidade e considerada a terceira igreja mais alta do mundo, com 157 metros de altura. A sua parte interior conta com uma área de 6900 metros quadrados, que é dividida em cinco naves e sete capelas.

Trata-se de um monumento arquitetônico de forte imponência que retrata o estilo gótico. Não é à toa que ela foi alçada como Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO.

O início da sua construção data do ano de 1248. Contudo, a história da Catedral começa em 1164, quando o então arcebispo da região, Rainald von Dassel trouxe para a cidade de Colônia as supostas ossadas que pertenciam aos Três Reis Magos. O espaço já serviu como depósito de armas pelo exército de Napoleão Bonaparte.

Portão de Brandemburgo (Berlim)

Portão de Brandemburgo, Berlim, Alemanha

O Portão de Brandemburgo é um símbolo de segmentação e um dos grandes cartões-postais da Alemanha. Juntamente com o Muro de Berlim, a construção foi usada como divisão entre a parte de Berlim oriental e a ocidental.

Após a queda do muro, em 1989, o acesso foi permitido novamente. Atualmente, ele virou marca da unificação da Alemanha — além de ser um dos principais pontos turísticos e cartões-postais do país.

Catedral de Aachen (Aachen)

Catedral de Aachen, Aachen, Alemanha

Conhecida como “Imperial Cathedral”, a Catedral de Aachen é a igreja mais antiga que se tem notícias em toda a Europa. Sua construção teve início em 792. A importância dessa atração fez com que ela fosse considerada Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO no ano de 1978.

Castelo de Neuschwanstein (Hohenschwangau)

Castelo de Neuschwanstein, Hohenschwangau, Alemanha

O Castelo de Neuschwanstein (Castelo do Cisne de Pedra, em português) fica situado na região da Baviera, perto das cidades de Hohenschwangau e de Füssen. Trata-se de um belíssimo castelo que parece ter saído de um conto de fadas.

Na verdade, essa linda obra de arte serviu de inspiração para a construção do castelo da Cinderela na Disney. A atração recebe, em média, 1,3 milhão de visitantes todos os anos.

Memorial do Holocausto (Berlim)

Memorial do Holocausto, Berlim, Alemanha

O Memorial do Holocausto é um monumento que homenageia todos os judeus que foram vítimas da Segunda Guerra Mundial. Situado em Berlim, a uma quadra do Portão de Brandemburgo, esse ponto turístico é um marco que retrata o passado da Alemanha.

Foi inaugurado em maio de 2005 como uma forma de relembrar os anos do fim da guerra e honrar as vítimas da tragédia. A construção conta com uma área de 19.000 metros quadrados e consiste em milhares de blocos de concreto na cor cinza, que estão dispostos paralelamente entre si.

Floresta Negra (Baden-Württemberg)

Floresta Negra, Baden-Württemberg, Alemanha

A Floresta Negra consiste em uma cordilheira formada pela floresta boreal que fica situada na região sudoeste da Alemanha, sendo um dos lugares mais belos do país. A sua área total estimada é de 200 quilômetros quadrados.

O pico mais alto (Feldberg) chega a atingir 1493 metros de altitude. A região apresenta uma bela paisagem, com vales, lagos, rios e planícies. Vale a pena a visita!

Ruas medievais de Rothenburg Ob Der Tauber

Ruas medievais de Rothenburg Ob Der Tauber, Alemanha

Rothenburg Ob Der Tauber significa “a Fortaleza Vermelha Sobre o Rio Tauber”. A cidade lembra muito ruas medievais com suas construções germânicas e casas charmosas que datam do século XV. Com cerca de 10 mil habitantes, a região faz parte da Rota Romântica da Alemanha.

Miniatur-Wunderland (Hamburgo)

Miniatur-Wunderland, Hamburgo, Alemanha

O Miniatur-Wunderland, cuja tradução significa “Terra das Maravilhas em Miniatura”, fica localizada na cidade de Hamburgo.

A atração é um verdadeiro universo encantado! Ela apresenta construções em miniaturas que retratam diferentes cenários e histórias de países ao redor do mundo, como França, Suíça e Estados Unidos.

Palácio Sanssouci (Potsdam)

Palácio Sanssouci, Potsdam, Alemanha

O Palácio Sanssouci fica situado na cidade de Potsdam, na Alemanha. Ele era o antigo palácio de verão de Frederico o Grande, Rei da Prússia. O local apresenta muitos templos e extensos jardins floridos. Devido à sua grande importância, a construção é considerada Património Mundial da Humanidade pela UNESCO.

Igreja Berliner Dom (Catedral de Berlim)

Igreja Berliner Dom, Berlim, Alemanha

A Berliner Dom é uma catedral protestante luterana de tamanho monumental (aproximadamente, 114 metros de comprimento e 116 metros de altura). Construída em estilo barroco, ela fica na Ilha dos Museus, às margens do Rio Spree. A atração é muito famosa por suas cúpulas com mais de 75 metros de altura.

Rio Reno

Rio Reno, Alemanha

O Rio Reno apresenta uma extensão de 1233 quilômetros e corta diversos países da Europa (Suíça, Áustria, França, Holanda etc.). Ele é considerado uma das vias navegáveis mais importantes de todo o continente europeu. Atualmente, ainda é muito usado para o transporte e comércio de mercadorias. Vale a pena apreciar a vista!

Zugspitze

Zugspitze é uma montanha localizada nos Alpes Bávaros (no distrito de Garmisch-Partenkirchen e na fronteira com a Áustria). Trata-se do ponto mais alto de toda a Alemanha, com 2.962 metros de altitude. Do cume, o visitante tem uma vista panorâmica espetacular de Munique (Alemanha), Grossvenediger (Áustria), Piz Bernina (Suíça) e Dolomitas (Itália).

A região atrai turistas em busca de aventuras radicais, como escalada e montanhismo. Do solo até o topo, o visitante leva cerca de três dias de subida. Além disso, o local recebe muitos visitantes durante o inverno, onde é possível praticar esportes na neve.

Qual é a melhor época do ano para ir para a Alemanha?

A Alemanha fica na posição central da Europa. O seu clima é marcado por estações do ano bem definidas. Devido à grande extensão do território, em geral, a temperatura varia conforme a região do país.

Nesse sentido, verão na Europa costuma ser bem quente e seco, com temperaturas que alcançam facilmente os 40 graus. Da mesma forma, os dias são mais longos, anoitecendo somente após as 9 horas da noite. Por sua vez, no inverno, os termômetros podem ficar abaixo de zero, e os dias são curtos e escuros.

A chuva é bem distribuída durante todo o ano. Entretanto, na parte Nordeste e Sudoeste do país (onde fica Berlim), a precipitação é maior durante no inverno, e os verões tendem a ser bem mais secos. Já no extremo Norte e no extremo Sul (onde estão localizadas as cidades de Hamburgo e Munique, por exemplo), as chuvas são frequentes em todas as estações, sem muitas oscilações.

A melhor época para visitar a Alemanha é durante a primavera e o verão (correspondente aos meses de abril a junho, e julho a setembro, respectivamente). Esse período coincide com a alta temporada na Europa, que costuma receber milhares de turistas todos os anos.

A baixa temporada (dezembro a fevereiro) é marcada por temperaturas baixas e dias curtos. Nessa época, há menos movimento de turistas, portanto, os hotéis, passagens e atrações turísticas estão mais baratos. Apesar disso, o frio é intenso. Se você gosta de esquiar e curtir esportes na neve, pode optar por viajar durante esse período. Além disso, é muito comum encontrar liquidações em lojas e shoppings nessa época.

O que fazer na Alemanha?

Viajar para a Alemanha é uma experiência única e que vale muito a pena. O país oferece uma excelente infraestrutura para os turistas, com muitas opções de hotéis, albergues, restaurantes, passeios culturais e um sistema de transporte impecável. Seja qual for a cidade, o que não falta são opções de entretenimento e lazer.

Siga a leitura, pois vamos mostrar agora o que você pode fazer e quais são os pontos turísticos das principais cidades germânicas!

Berlim

Berlim é uma verdadeira cidade multicultural. A capital da Alemanha é considerada a sétima área urbana mais povoada de toda a União Europeia. A cidade é a sede de várias universidades de ponta, além de abrigar muitos museus, monumentos históricos, parques, indústrias e inúmeros festivais.

A vida noturna é bem agitada, com muitos bares e casas de shows. Se você é adepto da vida saudável, se deslocar de bicicleta não vai ser problema. Existem muitas ciclovias que cortam toda a cidade, além das ruas e estabelecimentos oferecerem um turismo acessível.

Conheça as principais atrações de Berlim:

  • Portão de Brandemburgo;
  • Memorial do Holocausto;
  • Muro de Berlim;
  • Parlamento Alemão (Reichstag Building);
  • Checkpoint Charlie;
  • Potsdamer Platz;
  • Ópera de Berlim;
  • Catedral de Berlim (Berliner Dom);
  • East Side Gallery;
  • Coluna da Vitória (Siegessäule);
  • Torre de Berlim (Alexanderplatz);
  • Kurfürstendamm;
  • Parque Tiergarten;
  • Ilha dos Museus;
  • Torre Berliner Fernsehturm.

É possível conferir os principais pontos turísticos do centro da cidade por meio de passeios pelo ônibus turístico em Berlim. O veículo passa pelas atrações mais famosas, e o guia vai explicando a história daquele local. O serviço vale muito a pena!

Munique (Bavária)

Munique é a capital do estado alemão da Baviera. A cidade fica localizada na parte Sudeste da Alemanha e tem cerca de 1,3 milhão de habitantes, sendo considerada a terceira mais populosa do país.

Grande parte da cidade foi reconstruída após a Segunda Guerra. Isso justifica a grande quantidade de prédios novos e modernos. A região é referência quando o assunto é arte, cultura e animação.

Conheça as principais atrações de Munique:

  • Neues Rathaus (Nova Câmara Municipal);
  • Frauenkirche (Catedral de Nossa Senhora);
  • Peterskirche (Igreja de São Pedro);
  • Restaurante Hofbräuhaus;
  • Münchner Stadtmuseum;
  • Castelo Blutenburg;
  • Palácio de Leuchtenberg;
  • Parque Englischer Garten;
  • BMW Museum;
  • Torre da Neues Rathaus;
  • Mercado Viktualienmakrt;
  • Olympiapark (sede das Olímpiadas de 1972);
  • Palácio Nymphenburg;
  • Oktoberfest (o evento de cerveja mais famoso do mundo!).

Frankfurt (Hesse)

Frankfurt am Main é a quinta maior cidade da Alemanha e fica às margens do Rio Meno. Considerada o centro financeiro da Alemanha, a região é famosa pelos seus grandes arranha-céus e pela quantidade de rede de bancos e instituições financeiras espalhados pelo local. A qualidade de vida, segurança e educação é extremamente alta.

O aeroporto de Frankfurt é um dos mais movimentados do mundo, o que faz com que ele seja um dos principais pontos de partida e chegada de aviões do continente europeu. É possível conhecer grande parte das atrações pegando o ônibus turístico da cidade.

Conheça as principais atrações de Frankfurt:

  • Floresta Negra (o maior parque natural da Alemanha);
  • Jazzkeller (casa noturna famosa na Europa);
  • Torre da Kaiserdom;
  • Museu Städel;
  • Eisernersteg (Ponte de ferro);
  • Museu e Casa de Goethe;
  • Liebfrauenkirche (Igreja de Nossa Senhora);
  • Ópera de Frankfurt;
  • Palmengarten (jardim botânico que conta com mais de 22 hectares de extensão);
  • Alte Nikolaikirche (Igreja de São Nicolau);
  • Römerberg (a principal praça da cidade de Frankfurt);
  • Kaiserdom (Catedral de São Bartolomeu);
  • Paulskirche (Igreja de São Paulo);
  • Holzhausen Park;
  • Schirn Art Hall.

Hamburgo

Hamburgo é uma cidade basicamente portuária que apresenta diversos canais e pontes espalhados em seu entorno. Essas características fizeram com que ela ficasse conhecida como a “Veneza Germânica“. A região é muito arborizada, com diversos parques abertos, frequentados por moradores e turistas.

Conheça as principais atrações de Hamburgo:

  • Porto de Hamburgo (Hamburger Hafen);
  • Fischmarkt (mercado de peixe em St. Pauli);
  • City Hall (Rathaus);
  • St. Michael’s Church;
  • Speicherstadt (grande área de armazéns);
  • Miniatur Wunderland;
  • St. Nikolai Memorial;
  • Internationales Maritimes Museum;
  • Elbphilharmonie Concert Hall;
  • Lagos Inner Alster e Outer Alster;
  • Parque Planten Un Blomen Park;
  • Parque Heiligengeistfeld.

Düsseldorf (Bundesland)

Düsseldorf é a capital do estado de Bundesland e famosa pela sua característica fashion e por ser o maior centro de Carnaval da Alemanha. A cidade é considerada o segundo maior centro financeiro de todo o país, atrás somente de Frankfurt.

Conheça algumas atrações da cidade de Düsseldorf:

  • Castelo de Benrath;
  • Museu Goethe;
  • Avenida Königsallee;
  • Cidade Antiga (Altstadt);
  • Bairro Kaiserswerth;
  • Museu de Design de Jardim da Europa;
  • Stadtmuseum Düsseldorf;
  • Casa de Altbeer.

Dresden (Sachsen)

Dresden é uma cidade pertencente ao estado de Sachsen (Saxônia). A região foi bastante bombardeada durante a Segunda Guerra Mundial. Depois disso, ela foi reconstruída e é reconhecida como um centro de arte e cultura, além de apresentar uma grande área arborizada, com muitos parques e jardins.

Conheça algumas atrações da cidade de Dresden:

  • Praça Theaterplatz;
  • Ópera Semperomper;
  • Praça Schlossplatz;
  • Jardins Brühlscher Garten;
  • Residenzschloss (Palácio Real);
  • Museu Zwinger.

Leipzig (Sachsen)

Assim como Dresden, Leipzig faz parte do estado de Sachsen (Saxônia). A cidade tem uma forte tradição musical e serviu de moradia para vários artistas famosos, como Goethe e Bach. A cidade conta com cerca de 550 mil habitantes atualmente.

Conheça algumas atrações da cidade de Leipzig:

  • Zoo Leipzig;
  • Cidade da Revolução da Paz de 1989;
  • Casa Mendelssohn;
  • Batalha das Nações de Leipzig;
  • Circuito turístico das águas de Leipzig;
  • Centro histórico (Altstadt);
  • Nikolaikirche (Igreja de São Nicolau).

Onde se hospedar na Alemanha?

A Alemanha apresenta muitas opções de hospedagem devido ao seu grande apelo turístico. Vamos apresentar aqui alguns exemplos de hotéis e hostels divididos por cidade.

Berlim

  • Melia Hotel;
  • City Hotel Berlin Mitte;
  • St Christopher’s Inn Berlin;
  • Meininger Hotel;
  • Berlim Mark Hotel;
  • Hostel ONE80;
  • Best Western;
  • Holiday Inn;
  • The Circus.

Düsseldorf

  • Melia Düsseldorf;
  • Novum Hotel Flora Düsseldorf;
  • NH Düsseldorf Königsallee;
  • Crowne Plaza Düsseldorf-Neuss;
  • Van der Valk Airporthotel Düsseldorf.

Colônia

  • Elite Hotel;
  • Hostel Köln;
  • Nuremberg;
  • Maritim Hotels.

Munique

  • Gspusi Bar Hostel;
  • Hotel Concorde;
  • Meininger Hotel München City Center;
  • Bavaria Boutique Hotel;
  • King’s Hotel CityStay;
  • Ruby Lilly Hotel Munich;
  • Hotel Metropol;
  • Hotel Erzgiesserei Europe;
  • Mercure Hotel München Altstadt.

Frankfurt

  • Hotelgarni Frankfurt;
  • Jugendherberge;
  • Ibis Frankfurt Centrum;
  • Steigenberger Frankfurter Hof;
  • Hotel Zentrum an der Hauptwache;
  • City Center Hotel Neue Kräme am Römer;
  • Hotel Miramar Golden Mile;
  • Jumeirah Frankfurt;
  • Hotel Spenerhaus;
  • The Westin Grand;
  • NH Collection Frankfurt City.

Dresden

  • Holiday Inn;
  • Hilton Dresden Hotel;
  • Hotel Taschenbergpalais Kempinski;
  • Bulow Palais;
  • NH Collection Dresden Altmarkt.

Quais são os principais pratos típicos da Alemanha?

A Alemanha apresenta uma rica gastronomia. Conheça os principais pratos típicos do país:

  • Eintopf (sopa/guisado com legume, batata, carne ou peixe);
  • Sauerkraut (tradicional chucrute de repolho fermentado);
  • Käsespätzle (macarrão com queijo e cebolas);
  • Eisbein (joelho de porco cozido e servido com batatas e sauerkraut);
  • Kartoffelpuffer (panqueca com batatas raladas, farinha, ovo e cebola);
  • Pretzel (pão básico em formato ovalado com um nó no meio);
  • Wurst e Currywurst (salsicha cozida);
  • Schnitzel (bife à milanesa na versão alemã);
  • Spätzle (macarrão cozida com ovos, farinha e sal);
  • Bratkartoffeln (cozido com batatas e especiarias, como cebola, bacon, alho e sal);
  • Käsespätzle (massa de farinha de trigo com ovos e acompanhada de molho de queijo).

Quanto custa viajar para a Alemanha?

A primeira coisa que vem à cabeça quando o assunto é viajar para a Alemanha é a ideia de ser uma viagem extremamente cara. De fato, o Euro é uma moeda muito mais valorizada do que o Real, o que encarece um pouco os passeios.

Geralmente, o câmbio do Euro gira em torno de R$ 4,00 (podendo variar). Entretanto, é possível viajar por um preço acessível e não gastar tanto assim. Quer saber como? Por meio de um bom planejamento financeiro!

Conheça os principais custos que devem ser analisados.

Passagens aéreas

As passagens aéreas do Brasil para a Alemanha apresentam um preço relativamente elevado e costumam causar um grande impacto no preço final da viagem. Geralmente, o valor dos bilhetes fica em torno de R$3.000,00 a R$4.000,00 na classe mais econômica.

Contudo, é possível aproveitar promoções esporádicas! Portanto, fique sempre de olho nos sites de companhias aéreas.

Hospedagem

A Alemanha apresenta muitas opções de acomodação, com diferentes preços e para todos os gastos. Geralmente, as cidades mais turísticas são mais caras, enquanto as regiões do interior apresentam preços bastante atraentes.

Geralmente, a hospedagem fica em segundo lugar nos gastos, atrás somente da passagem, dependendo da duração da viagem. Então, antes de escolher o lugar em que vai ficar, verifique o valor disponível para gastar.

Seguro Viagem

seguro viagem é um item essencial para quem viaja, sendo requisito obrigatório para os brasileiros que vão para a Europa. Existem diversas empresas seguradoras que oferecem esse serviço. Trata-se de um item com ótimo custo-benefício.

Internet

A internet móvel é uma despesa que se tornou imprescindível para as viagens. O ideal é comprar um SIM pré-pago com um plano de internet 3G ou 4G para o seu celular. É possível comprar o chip no Brasil (o valor gira em torno de 40 a 60 dólares), ou na própria Alemanha (a partir de 10 euros).

Alimentação

As despesas com alimentação são variáveis. Tudo depende do tipo da comida, a quantidade e o local onde você vai comer. Em média, uma refeição em um bom restaurante costuma custar a partir de 30 euros. Por sua vez, um almoço executivo sai por cerca de 10 euros. Claro que, se você optar por comidas prontas, do tipo fast-food, vai gastar menos.

Como conseguir passagens baratas e usar passagens inteligentes?

Os viajantes que desejam viajar para a Alemanha pagando menos podem agradecer. É possível adquirir passagens baratas e conhecer esse lindo destino por um preço acessível. Existem sites específicos que vendem passagens emitidas com milhas aéreas por usuários que querem vendê-las. Um grande exemplo é a MaxMilhas!

A MaxMilhas é uma plataforma que disponibiliza aos viajantes passagens inteligentes, que são emitidas por pessoas que desejam vender suas milhas acumuladas.

Além disso, ela conecta pessoas de todos os cantos que querem adquirir bilhetes aéreos mais em conta e outras que desejam vender suas milhas. Está esperando o que para conhecer essa funcionalidade?

Como você pôde perceber, a Alemanha é encantadora. O que não falta são opções de pontos turísticos nesse lindo país. A nação apresenta:

  • muitos castelos medievais;
  • museus que retratam a história do país;
  • monumentos arquitetônicos majestosos;
  • cidades medievais que se perderam no tempo;
  • deliciosa gastronomia;
  • variedade de cervejas;
  • eventos tradicionais que se espalharam pelo resto do mundo;
  • ruas limpas e organizadas;
  • vida noturna agitada;
  • castelos que parecem ter saído de contos de fada;
  • alpes nevados;
  • florestas imponentes;
  • e a agitação típica de uma grande cidade cosmopolita.

Ficou interessado em conhecer a Alemanha? Quer saber mais sobre outros destinos incríveis? Assine a nossa newsletter e receba conteúdos exclusivos em seu e-mail!

Fonte oficial: Blog MaxMilhas.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Locomotiva Viagens. Lembramos ainda que o Locomotiva Viagens é um site jornalístico, que apenas divulga as promoções de passagens aéreas, ele não vende nenhum produto ou serviço. Você deve comprar na empresa de sua preferência, sempre observando as regras de cada passagem.

AVISO DE PAUTA

Nono seminário do programa que está percorrendo o Brasil vai reunir agentes públicos e privados envolvidos em projetos de duas rotas turísticas contempladas no estado

O Ministério do Turismo, em parceria com o Sebrae-BA e a Secretaria Estadual de Turismo da Bahia, realiza nesta quinta-feira (11), em Salvador, o nono seminário itinerante do programa Investe Turismo. O ministro do Turismo interino, Daniel Nepomuceno, fará o encerramento do evento.

A iniciativa visa reunir atores públicos e privados envolvidos nos projetos de gestão integrada e qualificação das rotas turísticas estratégicas “Salvador e Morro de São Paulo” e “Costa do Descobrimento”, identificando oportunidades de negócios, políticas públicas e outras ferramentas oferecidas pelo programa para potencializar o desenvolvimento da atividade turística local. As rotas contemplam os municípios de Salvador, Mata de São João, Cairú, Porto Seguro e Santa Cruz Cabrália.

A imprensa interessada em acompanhar o evento deve fazer o credenciamento online. O próximo seminário do programa, que vai percorrer todo o Brasil, está marcado para Cuiabá (MT) no próximo dia 15.

SERVIÇO

9º Seminário Itinerante do Programa Investe Turismo – Salvador (BA)
Data: 11/07/2019
Local: Casa do Comércio – Espaço Mário Cravo – Edifício Casa do Comércio, Av. Tancredo Neves, 1109 – Pituba. Salvador (BA)
Início do evento: 10h
Atendimento à imprensa: 11h30
CLIQUE AQUI para o credenciamento de imprensa
Assessor de imprensa do MTur em Salvador: Geraldo Gurgel (61 98208-8989)

Fonte oficial: Ministério do Turismo

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Locomotiva Viagens. Lembramos ainda que o Locomotiva Viagens é um site jornalístico, que apenas divulga as promoções de passagens aéreas, ele não vende nenhum produto ou serviço. Você deve comprar na empresa de sua preferência, sempre observando as regras de cada passagem.

SONDAGEM EMPRESARIAL

Sondagem feita pelo MTur mostra ainda que o Nordeste é um dos principais destinos procurados pelos turistas gaúchos entre junho e julho

Por Cecília Melo

Foto: Roberto Castro/MTur

Mais de 1.100 agências de viagens do Rio Grande do Sul indicaram perspectiva de aumento de 23% no número de empregados, de 72% na demanda de serviços ofertados e de 68% no faturamento para os próximos meses. Os índices gaúchos são os maiores identificados pela pesquisa entre os seis estados (SP, RJ, BA, MG, PR) que tiveram dados individuais consolidados pelo MTur. CONFIRA AQUI OS RELEASES DIVULGADOS PARA CADA ESTADO.

A pesquisa tem por objetivo identificar a perspectiva dos empresários quanto ao desempenho de seus estabelecimentos e destinos para os seis meses subsequentes ao levantamento (maio a outubro). A projeção futura das agências consultadas no RS indicou otimismo, se comparada com os resultados do 1º trimestre do ano. De janeiro a março, 35% delas indicaram alta na receita, 9% apontaram aumento do número de empregados e 45% na demanda pelos serviços ofertados. CONFIRA O ESTUDO NA ÍNTEGRA.

Para o ministro interino do Turismo, Daniel Nepomuceno, os números demonstram otimismo e corroboram para a virada que a nova gestão está realizando no setor. “Precisamos monitorar o comportamento do setor turístico brasileiro e ver se as ações chegam na ponta. Isso é um importante impulso para continuarmos trabalhando ainda mais para desenvolver o setor turístico nacional, gerando emprego, renda e inclusão social, além de fortalecer nossos destinos”, finalizou.

RAIO X DA PROCURA

O estudo também leva em consideração o ranking dos principais destinos procurados pelos turistas gaúchos nos meses de junho e julho deste ano, segundo as agências de viagens consultadas, além de traçar o perfil dos viajantes da região. O Nordeste lidera quatro das cinco primeiras posições. Dentre os destinos estão Maceió (AL), em 1º lugar; Porto Seguro (BA), na segunda posição; além de Fortaleza (CE) e Ipojuca (PE), nos 4º e 5º lugares. Rio de Janeiro aparece na terceira posição.

O levantamento mostrou ainda que 46% dos viajantes gaúchos, segundo as agências de viagens do RS consultadas pela pesquisa, procuram destinos onde possam aproveitar os momentos de lazer com sol e praia. Passeios culturais ou em patrimônios históricos ocupam a segunda posição (24%). A maioria das viagens são feitas por casais (32%), seguido de casais com filhos (31%) e viagens em família ou com amigos (22%).

MERCADO

Outro ponto inovador da pesquisa feita pelo Ministério do Turismo é a medição dos estados de origem de cada uma das agências consultadas com os destinos escolhidos pelos viajantes. O objetivo é contribuir, de forma antecipada, com as ações de promoção, bem como oferta de serviços das agências e destinos turísticos brasileiros. A pesquisa auxilia as empresas do setor de agenciamento de viagens a avaliarem nichos de mercados a serem melhor explorados.

Com esta sondagem, por exemplo, é possível identificar que os turistas das agências gaúchas consultadas pela pesquisa não têm Amapá, Pará, Rondônia, Sergipe e Tocantins como destinos procurados entre os meses de junho e julho, enquanto Rio Grande do Sul, Bahia e Alagoas são os estados mais demandados pelos viajantes. “Informações com estas mostram que a qualificação dos serviços turísticos, bem como o aumento da competitividade do setor de viagens traz benefícios principalmente aos turistas, com preços mais acessíveis e mais opções de ofertas em todos os destinos nacionais, além de ganhos de mercado para as agências”, destaca Daniel Nepomuceno.

O ESTUDO

A Pesquisa de Sondagem Empresarial das Agências e Organização de Viagens está em sua primeira edição e será realizada semestralmente pelo Ministério do Turismo. O estudo é uma expansão da sondagem já realizada com o setor hoteleiro e pretende avaliar a percepção de desempenho, no cenário atual e futuro, das agências e operadores turísticos, além de identificar o comportamento do consumidor sob a perspectiva dos empresários para os períodos de alta temporada.

Para o subsecretário de Inovação e Gestão do Conhecimento do Ministério do Turismo, Marcelo Garcia, área responsável pelo estudo, este novo nicho atua diretamente com o consumidor (potencial ou real) de viagens. “Além de informações sobre o desempenho da empresa, o setor de agências e operadores representa uma potencial fonte de informações sobre o comportamento de consumo do mercado doméstico, em especial para a projeção da demanda com informações sobre motivo de viagem, segmento turístico de interesse e principais destinos demandados”, destaca. Segundo o subsecretário, a ideia é aumentar cada vez mais o número de agências consultadas pela pesquisa.

Edição: Vanessa Sampaio

Fonte oficial: Ministério do Turismo

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Locomotiva Viagens. Lembramos ainda que o Locomotiva Viagens é um site jornalístico, que apenas divulga as promoções de passagens aéreas, ele não vende nenhum produto ou serviço. Você deve comprar na empresa de sua preferência, sempre observando as regras de cada passagem.

DATA COMEMORATIVA

Conheça os pontos turísticos que são referências da capital de Roraima

Por Geraldo Gurgel

Praias fluviais estão entre os pontos turísticos favoritos da cidade. Foto: Edson Brito/Banco de Imagens MTur Destinos

As principais referências de Boa Vista (RR) também são os atrativos turísticos mais visitados da única capital brasileira totalmente localizada no hemisfério norte e a mais distante de Brasília – são 2.500 quilômetros em linha reta ou três horas e meia de voo. O palco principal da festa de aniversário de 129 anos de fundação da cidade, em 1890, celebrado nesta terça-feira (9), será o Teatro Municipal de Boa Vista, que deve receber mais de mil espectadores para a comemoração. A obra inaugurada em 2017 foi executada com recursos do Ministério do Turismo e tornou-se visita obrigatória para quem conhece a capital roraimense.

Boa Vista é conhecida pelo traçado urbano radial com ruas que convergem em forma de leque para o Centro Cívico. A praça concentra atrativos como as sedes dos poderes executivo, legislativo e judiciário estaduais, a Catedral Cristo Redentor, que lembra um barco e uma maloca indígena, além de monumentos que retratam a ocupação da região, que foi marcada pelo garimpo, a pecuária e o extrativismo. As ruas largas passam por belos cartões postais como a Praça das Águas, com fontes luminosas que dançam conforme a música, e o Portal do Milênio, marco da chegada do século 21 em Boa Vista. O complexo turístico conta com espaços para atividades esportivas, shows, alimentação e artesanato, entre outras opções de lazer e interação com a população.

A Orla Taumanan, às margens do Rio Branco, que banha Boa Vista, também foi urbanizada com recursos do Ministério do Turismo e conta com duas plataformas: Weikepá (Nascer do Sol), na parte inferior, voltada para o Monumento aos Pioneiros; e Meremê (Arco-Íris), na parte superior e voltada para a Matriz de Nossa Senhora do Carmo, a primeira igreja do estado. É um dos melhores lugares da cidade para se apreciar o nascer do sol ou aproveitar o dia e o anoitecer nas áreas de lazer e quiosques com comidas e bebidas variadas. No período de seca, durante o verão amazônico, de setembro a fevereiro, as águas baixam, diminuindo a navegabilidade do rio Branco e formando belas praias fluviais, bastante frequentadas pela população e turistas.

As áreas verdes, como o Parque Germano Sampaio e o Parque Anauá, com praças de eventos e completa infraestrutura de esporte e lazer, também são marcas de Boa Vista. Outra forma de conhecer a cidade e suas tradições é uma visita ao Mercado Municipal. No local, o turista encontra comidas e frutas típicas da floresta, além de lojas de artesanato com peças que reforçam a cultura do estado predominantemente nordestina e indígena. Roraima tem a maior população indígena do Brasil; as áreas indígenas ocupam um quarto do município de Boa Vista.

História

O Forte São Joaquim, atrativo localizado a 32 km da capital, fundado em 1775, é o marco da ocupação da região que pertencia ao Amazonas. A cidade teve origem numa fazenda de gado, de 1830, mais tarde freguesia de Nossa Senhora do Carmo do Rio Branco, em 1858, e cidade de Boa Vista em 9 de julho de 1890. Hoje, a capital é a porta de entrada para quem visita o Parque Nacional do Monte Roraima.

Fonte oficial: Ministério do Turismo

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Locomotiva Viagens. Lembramos ainda que o Locomotiva Viagens é um site jornalístico, que apenas divulga as promoções de passagens aéreas, ele não vende nenhum produto ou serviço. Você deve comprar na empresa de sua preferência, sempre observando as regras de cada passagem.

TURISMO REGIONAL

Famosas pelos seus saltos, as espécies podem ser vistas por até 40 quilômetros de distância da costa da capital capixaba

 Por Geraldo Gurgel, com informações da Secretaria de Estado de Turismo do Espírito Santo

Baleia na costa do Espírito Santo. Foto: Leonardo Merçon/Instituto Últimos Refúgios/Amigos da Jubarte 

A temporada de avistamento das baleias Jubarte no Espírito Santo já começou e vai até o mês de outubro. Com embarcações regulamentadas pela Capitania dos Portos e equipes treinadas, os passeios turísticos saem da capital Vitória aos finais de semana e feriados, quando houver condições climáticas favoráveis, e contam com a presença de pesquisadores do Projeto Baleia Jubarte. A expectativa é de que cerca de 25 mil baleias passem pelo litoral capixaba até a segunda quinzena de outubro.

O ministro do turismo, Marcelo Álvaro Antônio, destacou a organização dos serviços náuticos especializados em turismo de avistamento de baleias no Espírito Santo e a importância de a atividade turística ser realizada de forma sustentável. “A contemplação de baleias, além de ser uma experiência riquíssima e um diferencial da oferta turística de Vitória, é capaz de gerar emprego e renda para todos os envolvidos nesse tipo de serviço, fortalecendo a cadeia produtiva que tem se estruturado em torno do turismo de observação de baleias”, disse.

Duas embarcações estão regulamentadas pela Capitania dos Portos e com equipes treinadas para que os passeios aconteçam com segurança para os turistas e as baleias, sempre respeitando o ambiente marinho e a preservação da espécie. As embarcações, com capacidade para 30 e 22 passageiros, partem do Píer Cais do Pescador, na Enseada do Suá. Os passeios duram, em média, cinco horas (ida e volta), com permanência de até trinta minutos para contemplação das baleias.

Famosas pelos seus saltos, as espécies podem ser vistas de 10 a 20 milhas náuticas (entre 20 a 40 quilômetros) de distância da costa da capital capixaba. No momento do embarque, os turistas recebem orientações sobre as normas de avistagem, navegação e segurança. Além das recomendações, é entregue aos passageiros o Guia de Vida Marinha onde mostra, por meio de imagens registradas pela equipe de pesquisa Jubarte – Lab, que além dos cetáceos, baleias e golfinhos, é possível avistar tartarugas e aves marinhas como o albatroz, trinta réis e outras espécies que habitam a costa capixaba.

Durante todo o mês de junho foram realizadas capacitações dos demais profissionais da cadeia produtiva do turismo de Vitória envolvidos com as expedições. O secretário de Estado de Turismo, Dorval Uliana, destacou o protagonismo do Espírito Santo no turismo de observação de baleias. “Trata-se de um grande ativo capaz de gerar emprego e renda para diversos segmentos, fazendo com que a atividade seja bem-sucedida e realizada de forma sustentável social e ambientalmente”, afirmou.

Números – Segundo dados do Observatório do Turismo da Prefeitura de Vitória e do Instituto Ecomares, na temporada de 2018, entre os meses de junho e novembro, 893 turistas, a bordo de 38 expedições, tiveram a oportunidade de observar as baleias que visitaram o litoral capixaba. Durante o período, foram realizadas oito expedições de pesquisa e monitoramento, com média de avistamento de 10 baleias por embarque.

Edição: Cecília Melo 

Fonte oficial: Ministério do Turismo

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Locomotiva Viagens. Lembramos ainda que o Locomotiva Viagens é um site jornalístico, que apenas divulga as promoções de passagens aéreas, ele não vende nenhum produto ou serviço. Você deve comprar na empresa de sua preferência, sempre observando as regras de cada passagem.

INVESTE TURISMO

Além da capital, Presidente Figueiredo e Novo Airão também estão entre os 158 municípios brasileiros contemplados na primeira fase do programa

Por Victor Alves

Ministro discursou no encerramento do seminário, em Manaus. Foto: Roberto Castro/MTur

Manaus (AM) foi a oitava cidade brasileira a receber, nesta segunda-feira (08), seminário regional que marca o início da operação do programa Investe Turismo, desenvolvido pelo Ministério do Turismo em parceria com o Sebrae nacional e a Embratur. A capital amazonense, assim como os municípios de Presidente Figueiredo (AM) e Novo Airão (AM), que compõem o Polo Amazônico, será contemplada com ações e investimentos que pretendem acelerar o desenvolvimento turístico da região, aumentar a qualidade dos serviços deste mercado, incentivar a competitividade e gerar empregos no setor. Ao todo, o programa contemplará 30 rotas turísticas estratégicas em todo o Brasil, com um investimento inicial de R$ 200 milhões.

O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, participou do encerramento do evento e destacou o bom momento que o país vive e a importância da rota para aprimorar o setor no estado. “Por onde passo, eu tenho ficado com um otimismo muito grande em relação ao nosso Brasil e ao novo momento que vivemos. A rota do estado é uma das mais belas que temos em nosso país, e vamos trazer qualificação profissional e identificar a potencialidade de investimentos nesta região, para atrairmos mais turistas para o estado do Amazonas”.

Ainda em seu discurso, Álvaro mostrou todo o apoio da pasta federal para o Desenvolvimento turístico do estado. “Contem com o Ministério do Turismo para fazer com que o Amazonas receba um número muito maior de turistas para conhecer essas belezas que só o estado possui, principalmente os atrativos naturais”, finalizou.

O governador do estado do Amazonas, Wilson Lima, também participou do evento e agradeceu a chegada do programa ao estado. “Oportunidades como essa podem fazer com que a atividade turística se torne uma importante fonte de renda para o estado do Amazonas, e a vinda do ministro para o lançamento do programa é importantíssima para que isso aconteça. O Amazonas tem uma vocação natural para a atividade turística, temos o que ninguém no mundo tem. Nossa cultura é diferenciada, além de termos a mais extensa floresta contínua do planeta”, pontuou.

O evento contou com cerca de 150 pessoas entre representantes da iniciativa privada e interlocutores do Ministério do Turismo, bancos de desenvolvimento, Sebrae e governo do Amazonas. A meta é unir o setor público e iniciativa privada para preparar e promover a o serviço turístico da rota amazonense, que tem como ponto forte o turismo de natureza e o ecoturismo. O próximo seminário itinerante do programa Investe Turismo será realizado em Salvador (BA).

AGENDA DO DIA – Antes do evento, o ministro Marcelo Álvaro Antônio visitou as obras do Centro de Convenções do Amazonas Vasco Vasques. As instalações receberam recursos do Ministério do Turismo para a etapa de conclusão da obra. Logo após, Álvaro ainda visitou o Teatro Amazonas, onde foi apresentado à história do local, às belezas arquitetônicas e aos objetos pessoais do compositor e maestro Cláudio Santoro.

Edição: Vanessa Sampaio

Fonte oficial: Ministério do Turismo

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Locomotiva Viagens. Lembramos ainda que o Locomotiva Viagens é um site jornalístico, que apenas divulga as promoções de passagens aéreas, ele não vende nenhum produto ou serviço. Você deve comprar na empresa de sua preferência, sempre observando as regras de cada passagem.

Últimas notícias

Por determinação da Presidência da República, o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, será exonerado temporariamente, a partir desta terça-feira (9), para participar da votação da proposta de reforma da Previdência (PEC 6/19), no Plenário da Câmara dos Deputados. A medida vale para ministros com mandato de deputado federal na atual legislatura (2019-2022).

Para o ministro, deputado federal mais votado por Minas Gerais e atualmente licenciado do cargo no Legislativo para comandar as atividades à frente do Ministério do Turismo, a reforma é uma importante ação do governo federal, além de instrumento fundamental para o desenvolvimento do turismo brasileiro, com a atração de novos investimentos, assim como para o crescimento do país.

Posteriormente à votação, Marcelo Álvaro Antônio reassume o cargo de ministro de Estado do Turismo.

Fonte oficial: Ministério do Turismo

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Locomotiva Viagens. Lembramos ainda que o Locomotiva Viagens é um site jornalístico, que apenas divulga as promoções de passagens aéreas, ele não vende nenhum produto ou serviço. Você deve comprar na empresa de sua preferência, sempre observando as regras de cada passagem.

SONDAGEM EMPRESARIAL

Resultado é fruto de sondagem realizada pelo MTur com mais de mil empresas paranaenses do segmento

Por Cecília Melo

Jardim Botânico de Curitiba, expoente de visitação turística na capital paranaense. Foto: Renato Soares/Banco de Imagens MTur Destinos

Com o objetivo de identificar a perspectiva dos empresários quanto ao desempenho de seus estabelecimentos e destinos para os próximos meses, o Ministério do Turismo realizou pesquisa inédita com 2 mil agências de viagens no país. Só no Paraná, as empresas indicaram que devem aumentar em 14% a contratação de novos funcionários.

As agências consultadas também indicaram perspectiva de crescimento de 55% no faturamento e de 56% na oferta de serviços. O sentimento para os próximos meses indica otimismo, se comparado com os resultados do 1º trimestre do ano. De janeiro a março, 35% delas indicaram alta na receita, 4% aumento do número de empregados e 35% na demanda pelos serviços ofertados. CONFIRA O ESTUDO NA ÍNTEGRA

Para o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, os números demonstram otimismo e corroboram para a virada que a nova gestão está realizando no setor. “Precisamos monitorar o comportamento do setor turístico brasileiro e ver se as ações chegam na ponta. Isso é um importante impulso para continuarmos trabalhando ainda mais para desenvolver o setor turístico nacional, gerando emprego, renda e inclusão social, além de fortalecer nossos destinos”, finalizou.

RAIO X DA PROCURA – Durante a sondagem, o MTur identificou ainda as cidades mais procuradas pelos paranaenses nas agências de viagens consultadas no estado. Natal (RN) lidera o ranking, seguido de Ipojuca (PE), Maceió (AL), Fortaleza (CE) e Gramado (RS).

A maioria dos viajantes busca sol e praia (48%) e passeios culturais ou em patrimônios históricos (15%). No perfil dos turistas consumidores das empresas ouvidas pelo MTur, cerca de 47% são casais com filhos, 25% viajam em família ou com amigos e 15% procuraram as agências para viajar sozinho.

MERCADO – Outro ponto inovador da pesquisa feita pelo Ministério do Turismo é a medição dos estados de origem de cada uma das agências consultadas com os destinos escolhidos pelos viajantes. O objetivo é contribuir, de forma antecipada, com as ações de promoção, bem como oferta de serviços das agências e destinos turísticos brasileiros. A pesquisa auxilia as empresas do setor de agenciamento de viagens a avaliarem nichos de mercados a serem melhor explorados.

Com esta sondagem, por exemplo, é possível identificar que os turistas das agências paranaenses consultadas pela pesquisa não têm Amapá, Maranhão, Espírito Santo, Pará e Sergipe como destino, enquanto Paraná e Rio Grande do Norte são os estados mais demandados pelos viajantes. “Informações com estas mostram que a qualificação dos serviços turísticos, bem como o aumento da competitividade do setor de viagens traz benefícios principalmente aos turistas, com preços mais acessíveis e mais opções de ofertas em todos os destinos nacionais, além de ganhos de mercado para as agências”, destaca o ministro do Turismo.

O ESTUDO – A Pesquisa de Sondagem Empresarial das Agências e Organização de Viagens está em sua primeira edição e será realizada semestralmente pelo Ministério do Turismo. O estudo é uma expansão da sondagem já realizada com o setor hoteleiro e pretende avaliar a percepção de desempenho, no cenário atual e futuro, das agências e operadores turísticos, além de identificar o comportamento do consumidor sob a perspectiva dos empresários para os períodos de alta temporada.

Para o subsecretário de Inovação e Gestão do Conhecimento do Ministério do Turismo, Marcelo Garcia, área responsável pelo estudo, este novo nicho atua diretamente com o consumidor (potencial ou real) de viagens. “Além de informações sobre o desempenho da empresa, o setor de agências e operadores representa uma potencial fonte de informações sobre o comportamento de consumo do mercado doméstico, em especial para a projeção da demanda com informações sobre motivo de viagem, segmento turístico de interesse e principais destinos demandados”, destaca. Segundo o subsecretário, a ideia é aumentar cada vez mais o número de agências consultadas pela pesquisa.

Fonte oficial: Ministério do Turismo

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Locomotiva Viagens. Lembramos ainda que o Locomotiva Viagens é um site jornalístico, que apenas divulga as promoções de passagens aéreas, ele não vende nenhum produto ou serviço. Você deve comprar na empresa de sua preferência, sempre observando as regras de cada passagem.