VIAGENS TERRESTRES

Dezoito signatários da Carta de Foz do Iguaçu pleiteiam apoio para modernizar e ampliar oferta do serviço, incrementando o turismo interestadual entre PR, SC e RS

Por Vanessa Sampaio, enviada especial

Entrega da Carta de Foz do Iguaçu ao ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio. Crédito: Roberto Castro/MTur 

O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, recebeu, nesta quinta-feira (13), durante o 14° Festival de Turismo das Cataratas, a Carta de Foz do Iguaçu, documento assinado por 18 órgãos públicos e privados do Turismo da Região Sul do Brasil com propostas para incentivar as viagens rodoviárias nos três estados sulistas. O documento propõe estímulos ao segmento por meio da flexibilização das leis relacionadas à atividade, da modernização do processo de venda de viagens turísticas por meio de plataformas digitais e de novas definições para normas sobre viagens de grupos. A intenção é desburocratizar o serviço de transporte turístico terrestre da região e torná-lo mais competititvo. O evento, um dos principais hubs de promoção e comercialização dos destinos locais, tem programação até a noite desta sexta-feira (14) em Foz do Iguaçu (PR).

Na ocasião, o ministro afirmou que a diversificação da oferta melhora as condições de acesso às viagens estaduais ou interestaduais de média distância, o que considera um impulso fundamental ao turismo interno. “O turismo doméstico responde por mais de 80% da movimentação e dos negócios do setor de Viagens no Brasil, mas ainda temos um amplo mercado a explorar. O modal rodoviário deve ser incentivado, especialmente se considerarmos que ele é decisivo para o turismo entre destinos de um mesmo estado ou de estados vizinhos. Excelente iniciativa da Região Sul, turismo se faz com parcerias e esforço conjunto”, disse o ministro. 

Um dos signatários da carta, o CEO do parque Beto Carrero World, Rogério Siqueira, defendeu a união de esforços para melhorar o ambiente de negócios para o turismo rodoviário no país: “O Brasil tem dimensões continentais e hoje cerca de 40 milhões de pessoas andam de ônibus. Nem todas as cidades são atendidas pelo transporte aéreo, então o rodoviário é essencial para complementar as viagens”, destacou Siqueira. 

Segundo levantamento divulgado pelo Ministério do Turismo nesta terça-feira (11), apesar de ter sido a forma escolhida por 2.088.506 estrangeiros que desembarcaram no Brasil, as entradas por meio terrestre em 2018 reduziram 7,2% em relação a 2017.

A entrega da Carta foi uma das atividades da movimentada Feira de Turismo das Cataratas, considerada hoje um dos principais espaços sulamericanos de networking para negócios e de promoção e venda de destinos, produtos e serviços turísticos. Após o corte da fita inaugural que abriu oficialmente o evento, o ministro Marcelo Álvaro Antônio visitou e conheceu a estrutura da feira, conversou com expositores e se reuniu com dirigentes estaduais e municipais de turismo de todo o Brasil.

Ele passou pelos estandes do estado anfitrião, Paraná, acompanhado do coordenador-geral da Feira das Cataratas, Paulo de Angeli, do prefeito de Foz do Iguaçu, Chico Brasileiro, e do vice-governador do Paraná, Darci Piana. No estande do Ministério do Turismo, o ministro falou com empresários sobre a importância do Cadastur, o sistema oficial de cadastro dos prestadores de serviços turísticos do país. Álvaro Antônio também visitou a Arena Gastronômica do evento, onde o chef de cozinha Thomazzoni dava uma aula sobre como preparar macarrons de milho.

O titular do Turismo no Brasil esteve, ainda, no espaço demonstrativo dos atrativos do Movie Cars Entertainment, um novo conceito de parque temático com carros que fazem sucesso no cinema. O empreendimento será inaugurado em novembro, segundo o grupo que administra o equipamento turístico, próximo ao aeroporto e às Cataratas de Foz do Iguaçu.

Para Paulo de Angeli, coordenador-geral da feira que integra a programação do Festival de Turismo das Cataratas, os ganhos vão além dos negócios para o setor. “A cidade incorporou o evento, todos os participantes têm acesso gratuito aos atrativos da cidade. É uma oportunidade única de mostrar a oferta turística da região a cerca de 8 mil profissionais, gestores públicos e empreendedores do turismo de todo o Brasil e do Mercosul”, disse.

REUNIÃO BILATERAL – Durante a visita à feira, o ministro também se reuniu com a ministra do Turismo do Paraguai, Sofia Montiel Afara, para tratar de um acordo de cooperação que está sendo construído pelos dois países no sentido de adotar uma legislação comum para destravar o turismo de pesca na região de fronteira. O objetivo é estimular a atividade, aliando preservação e desenvolvimento econômico para ambas as nações.

Edição: Cecília Melo 

 

Fonte oficial: Ministério do Turismo

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Locomotiva Viagens. Lembramos ainda que o Locomotiva Viagens é um site jornalístico, que apenas divulga as promoções de passagens aéreas, ele não vende nenhum produto ou serviço. Você deve comprar na empresa de sua preferência, sempre observando as regras de cada passagem.

COPA AMÉRICA

Capital paulista será a única sede com dois estádios. Confira dicas do que visitar na cidade e no estado durante o evento

Por Geraldo Gurgel

No clima da Copa América, uma visita ao Museu do Futebol é uma ótima dica de passeio em São Paulo. Crédito: Rogério Cassimiro/MTur

Com jogos no Morumbi e na Arena Corinthians, São Paulo é a cidade-sede da abertura da Copa América e da partida de estreia do Brasil na competição. O jogo contra a Bolívia, no estádio do Morumbi, na noite desta sexta-feira (14), marca o início do campeonato. A 49ª edição da Copa América reúne seleções de 12 países e será realizada pela 5ª vez no Brasil.

VEJA TAMBÉM: FOTOS DOS PRINCIPAIS ATRATIVOS DA CIDADE/Banco de Imagens MTur Destinos

Maior cidade da América do Sul, com mais de 12 milhões de habitantes, São Paulo é o centro financeiro do Mercosul e principal destino latino-americano de turismo de negócios e eventos. A cidade, fundada por missionários, cresceu em torno do Pátio do Colégio dos Jesuítas, um dos atrativos do Centro Histórico, assim como a Catedral da Sé, dedicada ao apóstolo Paulo, padroeiro que emprestou o nome à capital paulista.

Ainda na região central, o bairro Bom Retiro foi o berço do futebol no Brasil, com a construção do primeiro campo oficial, em 1896, por Charles Miller, descendente britânico que havia introduzido o esporte no país, em 1894. E, como o evento do momento é esportivo, aproveite para conhecer o Museu do Futebol, no Estádio do Pacaembu, com recursos audiovisuais interativos, relíquias e peças de coleção, que mostram o futebol como um dos elementos formadores da cultura do Brasil.

A cidade se desenvolveu com a força dos imigrantes. Os torcedores e turistas brasileiros e do mundo inteiro vão se familiarizar com os costumes e tradições que marcaram o fluxo migratório. São bairros de italianos, judeus, árabes e orientais, entre outros, como a Liberdade, que concentra a maior colônia japonesa fora da Ásia.

A diversidade gastronômica, reconhecida mundialmente, é um dos muitos legados desses povos que, ao lado dos brasileiros de todas as regiões, fizeram de São Paulo uma das maiores metrópoles do planeta. Multiétnica, cosmopolita e cultural, o entretenimento e a vida noturna estão entre os maiores atrativos locais, com museus, restaurantes, bares, boates e opções musicais variadas.

Entre um jogo e outro, o torcedor poderá aproveitar para visitar alguns dos atrativos mais expressivos do turismo paulistano, como o Parque do Ibirapuera, que concentra o Planetário, o Museu de Arte Moderna (MAM), o Museu de Arte Contemporânea (MAC), o Museu Afro Brasil, o Pavilhão de Culturas Brasileiras, o Auditório do Ibirapuera e a Fundação Bienal.

A Avenida Paulista passou de elegante área residencial ao coração financeiro e um dos principais corredores culturais da capital, com arquitetura clássica, prédios monumentais, além do Parque Trianon, do Museu de Arte de São Paulo (MASP) e da Casa das Rosas. Próximo ao MASP, no Mirante 9 de Julho, o turista tem uma das mais belas vistas de São Paulo.

Outra avenida famosa é a 25 de Março, destino de compras mais popular da cidade. Ao lado, fica o Mercado Municipal, reduto gastronômico onde o destaque é um lanche de mortadela no pão francês crocante. O Mercadão fica em um prédio histórico com os boxes divididos em categorias de produtos e serviços, além de uma praça de alimentação. Já a Rua Oscar Freire concentra o comércio de lojas de grife.

FORA DE SP – Para aproveitar a ida à capital para explorar o estado, o turista pode descer a Serra do Mar e curtir as praias. Santos, São Vicente, Guarujá, Praia Grande, Bertioga, Ubatuba, Ilhabela, Caraguatatuba, São Sebastião e Cananéia estão entra as mais conhecidas e badaladas e oferecem uma gama de serviços como esportes náuticos. Já em São Roque, o roteiro da Estrada do Vinho oferece, além de belas paisagens de vinícolas, degustações e harmonizações da bebida com a gastronomia. Campos do Jordão é o destino de inverno para quem curte se aquecer na lareira, apreciar o clima de altitude e as paisagens da montanha.

Outra opção próxima de São Paulo é o Circuito das Águas, que reúne vários destinos de banhos terapêuticos como Águas de Lindóia e Águas de São Pedro. Brotas e Atibaia têm atrativos de natureza, aventura e esportes radicais. Boituva é famosa pelos passeios de balão e saltos de paraquedas. Cunha atrai os visitantes pelo perfume dos campos de lavanda. As flores também são o atrativo principal de Holambra. Embu das Artes é um refúgio de artistas e artesãos. E, em Aparecida do Norte, o maior santuário mariano do mundo dedicado à padroeira do Brasil, Nossa Senhora Aparecida, chega a receber 12 milhões de visitantes por ano.

14 06 19 sao paulo
Muito além da capital! São Paulo tem inúmeras atrações para o turista que vai à Copa América. Crédito: MTur Destinos

VEJA A TABELA DE JOGOS NO MORUMBI E ARENA CORINTHIANS, EM SÃO PAULO:

Morumbi
14/06 – 21h30 – Brasil x Bolívia (Grupo A)
17/06 – 20h – Japão x Chile (Grupo C)
19/06 – 18h30 – Colômbia x Catar (Grupo B)

Arena Corinthians
22/06 – 16h – Peru x Brasil (Grupo A)
28/06 – 20h – Quartas de final
06/07 – 16h – Disputa do 3º lugar

Edição: Vagner Vargas

Fonte oficial: Ministério do Turismo

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Locomotiva Viagens. Lembramos ainda que o Locomotiva Viagens é um site jornalístico, que apenas divulga as promoções de passagens aéreas, ele não vende nenhum produto ou serviço. Você deve comprar na empresa de sua preferência, sempre observando as regras de cada passagem.

BRUMADINHO VIVE

Em visita à cidade, o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, anunciou medidas para incentivar a retomada da atividade econômica local

Por André Martins, enviado especial

Ministros Marcelo Álvaro Antônio (Turismo) e Osmar Terra (Cidadania) comemoram iniciativas em prol da recuperação socioeconômica de Brumadinho (MG). Foto: Roberto Castro/MTur

O projeto de implantação de um trem turístico entre Belo Horizonte e a cidade de Brumadinho terá prioridade na análise de um empréstimo de R$ 10 milhões por meio do Prodetur + Turismo. O anúncio foi feito nesta sexta-feira (14) pelo ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, que, juntamente com o ministro da Cidadania, Osmar Terra, e representantes do governo de Minas Gerais, assinou em Brumadinho termos de compromisso pela adoção de medidas para estimular a recuperação socioeconômica do município após o rompimento de uma barragem da Vale.

Na ocasião, Marcelo Álvaro entregou o Selo + Turismo, que atesta a viabilidade da iniciativa, à empresa SEMO, uma das responsáveis pela estruturação da linha férrea. A proposta inclui a criação de uma estação no Museu de Inhotim, um dos principais atrativos da região. O ministro apontou o empreendimento como uma das saídas para reverter dificuldades. “O momento é de consternação, mas também de esperança por um futuro melhor aqui. Que a gente consiga viabilizar esse importante projeto, que terá 52 quilômetros de extensão e duas mil pessoas transportadas todos os dias. O objetivo é darmos esperança de que a economia de Brumadinho vai se recuperar”, frisou.

Álvaro Antônio lembrou que o MTur disponibiliza empréstimos em condições especiais, por meio do Fungetur, para ajudar empresários a retomar atividades na região. “Para que empreendedores de hotéis, bares e restaurantes tenham um fôlego extra para sobreviver até a plena retomada da economia de Brumadinho”, afirmou o ministro, que também sugeriu esforços no sentido de se viabilizar a construção do aeroporto regional de Betim, na Grande BH. “O aeroporto seria essencial para diversificar não só a economia de Brumadinho, mas de toda a região metropolitana de BH”, justificou.

Brumadinho é uma das cidades contempladas pelo Investe Turismo, programa do MTur em parceria com o Sebrae que vai estruturar e promover um total de 30 roteiros estratégicos de todo o país, incentivando novos negócios e investimentos. A Pasta também analisa a viabilidade de um projeto do Instituto Sebastião, voltado à implantação de uma rede de sete estações de ônibus elétricos, integrada ao novo trem, com vistas à promoção do desenvolvimento de Brumadinho e Nova Lima. O circuito, batizado de Estações de Lótus, levaria visitantes aos principais atrativos da região, como Inhotim, Macacos e Jardim Canadá, em Nova Lima.

Desde 2003, o MTur repassou cerca de R$ 516 milhões para 1.842 obras em todo o estado de Minas Gerais. A Pasta, por meio do PAC Turismo, investiu na sinalização de cidades históricas do estado, a exemplo de Ouro Preto, Mariana, Congonhas, Diamantina, Serro, Sabará e São João del Rey, totalizando recursos da ordem de R$ 3,8 milhões.

ALIANÇA POR BRUMADINHO – Além do turismo, o trabalho conjunto inclui ações nas áreas de desenvolvimento social, educação, saúde, cultura, esporte, infraestrutura, meio ambiente e segurança pública. A agenda em Brumadinho marcou a inauguração da Estação Cidadania, criada pelo Ministério da Cidadania para promover programas culturais, práticas esportivas e de lazer, bem como formação e qualificação profissional, serviços socioassistenciais e políticas de prevenção à violência.

O ministro Osmar Terra destacou a contribuição do turismo à superação de desafios na região. “Eu acredito que a solução para Brumadinho passa necessariamente pelo turismo, que é a atividade econômica que pode substituir de forma mais eficiente a mineração”, sustentou. Já o prefeito de Brumadinho, Avimar Barcelos, comemorou a avanços quanto à construção do trem que ligará BH à cidade. “O ministro Marcelo Álvaro tem sido um grande parceiro da cidade, trabalhando para trazer esse trem. Isso vai fomentar muito o turismo e ajudar na recuperação da nossa cidade”, comentou.

As iniciativas apresentadas nesta sexta-feira (14) resultam do trabalho de um Comitê de Crise implantado pelo governo federal logo após o rompimento da barragem. As ações foram articuladas desde fevereiro pelos ministérios do Turismo, da Cidadania, do Desenvolvimento Regional e da Saúde junto ao governo mineiro e ao município de Brumadinho.

Edição: Vanessa Sampaio

Fonte oficial: Ministério do Turismo

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Locomotiva Viagens. Lembramos ainda que o Locomotiva Viagens é um site jornalístico, que apenas divulga as promoções de passagens aéreas, ele não vende nenhum produto ou serviço. Você deve comprar na empresa de sua preferência, sempre observando as regras de cada passagem.

EVENTO ESPORTIVO

Objetivo é fortalecer o turismo interno e otimizar a experiência do estrangeiro no país, movimentando a economia e gerando empregos por meio do setor de Viagens

Por Cecília Melo

Mercado Municipal e São Paulo, reduto de turistas na capital. Foto: Rogério Cassimiro/Banco de Imagens MTur Destinos

Nesta sexta-feira (14), no Estádio do Morumbi, em São Paulo, o Brasil abre oficialmente a Copa América 2019. A previsão é de que o espetáculo comece às 21h10, vinte minutos antes de a bola rolar para Brasil e Bolívia. Em um conjunto de esforços do governo federal, o Ministério do Turismo (MTur) já começou as ações de promoção da oferta turística brasileira.

Com o slogan Futebol pede espetáculo: Viaje pelo Brasil, as peças da campanha do Ministério do Turismo serão veiculadas em aeroportos, metrôs, bancas digitais, trens, além de serem enviadas para dispositivos mobile. Uma série de vídeos durante os jogos da Copa América será divulgada pela Bahia, Belo Horizonte, Porto Alegre, Rio de Janeiro e São Paulo. A ação é focada nos atrativos turísticos do país, com dicas dos destinos próximos às cidades-sedes que fogem do circuito de estádios.

A intenção é que os torcedores conheçam a diversidade da oferta de atrativos e experiências turísticas das capitais da competição e seus arredores, fortalecendo o turismo interno, movimentando a economia e gerando empregos. Para o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, o evento esportivo congrega esforços para alavancar o potencial do país. “Vamos mostrar a capacidade turística do nosso Brasil com o objetivo de posicioná-lo entre os grandes destinos turísticos mundiais. Pela primeira vez, o setor de Viagens está no centro da agenda estratégica do governo federal e vamos aproveitar o clima de Copa para dar mais holofote aos nossos ativos”, destaca o ministro.

Seguindo a mesma linha, uma forte campanha nas redes sociais, intitulada “Vá Além do Futebol”, também será realizada pelo MTur, no intuito de incentivar os turistas a visitar e aproveitar os diversos passeios que cada região oferece. A ideia é que a hashtag #VáAlémDoFutebol seja usada nos posts dos usuários e republicada nos perfis oficiais do Ministério do Turismo.

PÚBLICO – O Brasil espera receber cerca de 800 mil turistas internacionais entre os meses de junho e julho. Segundo a Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmenbol), até o momento foram comercializados mais de 650 mil ingressos do total de mais de 1 milhão colocados à venda. Os bilhetes foram adquiridos por torcedores de 115 países. No ranking de nacionalidades que mais compraram ingressos estão, além do Brasil, Chile, Colômbia, Argentina, Peru e Uruguai. Países com e sem tradição no futebol compraram tickets – entre eles, Alemanha, França, Albânia, Curaçao e Vietnã.

AUMENTO DA BUSCA PELO DESTINO BRASIL – O Ministério do Turismo teve acesso a um levantamento da Amadeus, uma das maiores empresas de tecnologia e viagens do mundo, onde apontou que todos os países participantes da competição esportiva registraram aumento de reservas para destinos brasileiros neste ano, em comparação ao mesmo período do ano passado.

Os campeões são os bolivianos, que compraram 497% mais passagens. Em seguida vêm os peruanos, com 285%; os chilenos, com 141%; os colombianos, com 126%; uruguaios, com 115%; e equatorianos, com 108%. Na Argentina, principal emissora de turistas internacionais para o Brasil, o aumento da procura foi de 64%.

Os resultados positivos também foram observados entre os dois países convidados para a competição: Catar e Japão. Nestes países, a busca pelo Brasil como destino, nos meses da competição, registrou aumento de 75% e 73%, respectivamente.

Os dados também apresentaram as cidades mais beneficiadas por receber partidas: São Paulo, Rio de Janeiro e Salvador.  A procura pela capital paulista teve um aumento superior à média nacional entre os peruanos (631%), chilenos (615%) e colombianos (405%).

Cinco países ultrapassaram a média nacional quando o destino procurado foi o Rio de Janeiro. O maior crescimento foi observado entre cidadãos do Catar (1400%), seguido da Bolívia (945%), Uruguai (362%), Peru (351%) e Chile (153%). Já Salvador lidera entre cidadãos da Colômbia, com aumento de 1883%, e Equador, com 300%.

Edição: Vanessa Sampaio

Fonte oficial: Ministério do Turismo

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Locomotiva Viagens. Lembramos ainda que o Locomotiva Viagens é um site jornalístico, que apenas divulga as promoções de passagens aéreas, ele não vende nenhum produto ou serviço. Você deve comprar na empresa de sua preferência, sempre observando as regras de cada passagem.

CADASTUR

Formalização dos empreendimentos no Cadastur é obrigatório e dá mais segurança ao turista na hora da contratação de serviços para viajar

Por Geraldo Gurgel

O principal destino de turismo religioso do país, Aparecida (SP), recebeu esta semana uma equipe de fiscais do Ministério do Turismo encarregados de orientar a formalização de meios de hospedagem no Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos do Ministério do Turismo (Cadastur). As visitas foram feitas em 119 hotéis, pousadas e demais empreendimentos do setor de acomodações no município, que tem o Santuário Nacional de Aparecida como atrativo principal e recebe cerca de 12 milhões de visitantes por ano.

“Nosso objetivo é sensibilizar o trade turístico como um todo sobre o ordenamento, a formalização e a legalização dos prestadores de serviços turísticos por meio do cadastro de empresas e profissionais do setor. É importante reforçar que os fiscais de turismo do MTur têm papel primordialmente educativo e que queremos conscientizar os prestadores de serviços turísticos da importância de se regularizarem no Cadastur”, explica a coordenadora-geral de Regulação e Fiscalização do Ministério do Turismo, Tamara Galvão.

Apesar de ser um importante destino turístico do estado de São Paulo e do país, apenas 47 meios de hospedagem da cidade de Aparecida, no Vale do Paraíba, estão regularizados no Cadastur. A ação de fiscalização foi precedida de um encontro com hoteleiros, gestores e demais prestadores de serviços turísticos locais para explicar a importância da formalização para a prestação de serviços de qualidade, além dos benefícios do Cadastur para os municípios que integram o Mapa Brasileiro do Turismo.

Além dos meios de hospedagem, guias de turismo, agências de viagem, transportadoras turísticas, parques temáticos, acampamentos turísticos e empresas organizadoras de eventos são serviços de cadastro obrigatório no Cadastur. O cadastro certifica ao turista que o serviço por ele contratado é regularizado. Com o número de registro regular, os prestadores de serviços turísticos conquistam benefícios como acesso e participação em programas e projetos apoiados ou promovidos pelo Ministério do Turismo, ações de qualificação profissional do governo federal, acesso a linhas de crédito especiais para o setor, além e maior visibilidade do negócio no site do Cadastur.

O banco de dados do Cadastur, além dos inúmeros benefícios para o setor, é uma importante fonte de consulta para o mercado turístico brasileiro. O sistema de cadastro de pessoas físicas e jurídicas que atuam no setor do turismo é executado pelo Ministério do Turismo em parceria com os órgãos oficiais de turismo nas 27 Unidades da Federação e permite ao turista encontrar prestadores de serviços turísticos cadastrados em todo o país.

O cadastro online de empresas e profissionais prestadores de serviços turísticos é rápido e totalmente gratuito. Clique aqui para acessar o Cadastur e fazer o seu cadastro agora mesmo.

Edição: Vanessa Sampaio

Fonte oficial: Ministério do Turismo

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Locomotiva Viagens. Lembramos ainda que o Locomotiva Viagens é um site jornalístico, que apenas divulga as promoções de passagens aéreas, ele não vende nenhum produto ou serviço. Você deve comprar na empresa de sua preferência, sempre observando as regras de cada passagem.

Curitiba é o terceiro destino de negócios mais procurado por estrangeiros, de acordo com a Demanda Turística Internacional, pesquisa realizada pelo Ministério do Turismo e a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) e divulgada nesta terça-feira (11/6).

De acordo com o MTur, Curitiba passou a ser o terceiro destino mais procurado para o turismo de negócios, eventos e convenções. O primeiro lugar ficou com a cidade de São Paulo, seguida por Rio de Janeiro. No ano passado, a capital paranaense estava em quarto lugar no ranking, atrás de Porto Alegre.

O estudo também mostra que 95,9% dos visitantes para negócios chegam a Curitiba por via aérea e apenas 4,1% por via terrestre.

Para Tatiana Turra, presidente do Instituto Municipal de Turismo, o resultado é um reconhecimento ao bom trabalho feito e à qualidade do receptivo. “Temos várias ações para impulsionar o turismo de negócios e eventos e os números revelam que estamos no caminho certo”, disse ela.

Curitiba conta com uma excelente infraestrutura para eventos com espaços para até sete mil pessoas, hotelaria de qualidade com 20 mil leitos, além de uma extensa e variada oferta gastronômica, atrativos turísticos, e ainda incentivo fiscal para atrair novos parceiros.

“Um grande benefício que Curitiba oferece para a realização de eventos é a redução da alíquota do ISS, diminuímos a taxa de 5 para 2%”, reforça Tatiana Turra.

 
A pesquisa

Foram entrevistados 39.811 turistas, no ano passado, em todo o Brasil. Os locais escolhidos para a coleta de dados foram os aeroportos internacionais, postos de fronteira terrestres, pontos de migração e postos da polícia federal. 

A Pesquisa do Turismo Internacional Receptivo no Brasil é realizada desde 1974 – no início pela Embratur e a partir de 2009 pelo Ministério do Turismo.

Europeus ficam mais tempo

A maioria dos turistas que visita o Brasil é proveniente dos países da América do Sul (61,2%). Em seguida estão os europeus (22,1%) e os norte-americanos (10,4%).

Apesar de ocuparem o primeiro lugar em demanda de turistas, os latino-americanos permanecem poucos dias e gastam menos que os europeus. 

Os turistas de negócios vindos da Europa – em especial os italianos, portugueses e espanhóis – permanecem até três vezes mais que os visitantes da América do Sul.

Hospitalidade em alta

É positiva a avaliação feita pelos turistas que visitaram o Brasil: 87,7% revelaram que a viagem superou ou atendeu plenamente as expectativas.

As melhores avaliações são para hospitalidade (97,9%), alojamento (96,7%), gastronomia (95,9%) e restaurantes (95,8%). 



Fonte: Prefeitura de Curitiba

Fonte oficial: Curitiba Turismo

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Locomotiva Viagens. Lembramos ainda que o Locomotiva Viagens é um site jornalístico, que apenas divulga as promoções de passagens aéreas, ele não vende nenhum produto ou serviço. Você deve comprar na empresa de sua preferência, sempre observando as regras de cada passagem.

Roma é um destino fascinante, mas, com tanta coisa para conferir, criar um roteiro torna-se um desafio. Veja o que é indispensável conhecer na cidade eterna!

Roma é o destino dos sonhos de muita gente. A cada esquina, é possível se deparar com uma construção histórica, uma fonte ou um templo. Por todo o seu encanto, a capital italiana é uma das mais visitadas do mundo: só em 2017, recebeu 9,53 milhões de turistas, segundo a empresa Euromonitor International.

Rodeada por cultura, história, mitologia, arte e fé, a chamada “cidade eterna” proporciona tantas experiências que, ao mesmo tempo, o turista pode ficar um pouco desnorteado. Por isso, criamos este mini guia para você não perder nada de importante por lá.

Continue a leitura e acompanhe nossas dicas!

1. Visite os principais pontos turísticos

Para dar conta da maior parte das atrações, o ideal é ter tempo disponível. Mas, se a sua agenda está apertada, não se preocupe: vamos dar algumas dicas para que você consiga visitar os locais mais importantes, mesmo que a sua viagem dure poucos dias.

De antemão, já avisamos que você vai precisar de muito preparo físico para percorrer as ruas dessa imensa capital cosmopolita com atmosfera provinciana.

Coliseu

Esse símbolo do Império Romano é um dos grandes monumentos da cidade. Começou a ser construído em 72 d.C. para receber combates entre gladiadores, e chegavam a ser vistos por cerca de 75 mil espectadores.

Hoje em dia, as ruínas do Coliseu são visitadas por centenas de pessoas todos os dias, por isso, é importante comprar a sua entrada com antecedência para não enfrentar filas. Aliás, essa recomendação serve para todos os pontos turísticos mais badalados de Roma.

Os ingressos podem sair um pouco mais caros, mas isso fará você economizar tempo. O bilhete online, mais em conta, custa 16,00 €, e também dá acesso ao monte Palatino e ao Fórum Romano.

Palatino

Pertinho do Coliseu está esse monte que representa uma das partes mais antigas da cidade. Diz a lenda que foi lá onde Rômulo, em meados do século VIII a.C., construiu o primeiro assentamento de Roma. Ao longo da história, o Palatino foi residência para imperadores e aristocratas.

Fórum Romano

Para completar a tríade de monumentos históricos que você pode visitar no mesmo dia pagando um só ingresso, apresentamos o Fórum Romano, que era o centro político, religioso e comercial da Roma Imperial. Já na era republicana, o local recebia discursos políticos e eleições, representando o núcleo da vida cívica e econômica.

Piazza Venezia

Depois de uma caminhada de aproximadamente 15 minutos, partindo dos pontos mencionados, você chega a Piazza Venezia. Essa é uma das praças mais famosas de Roma e isso não é pouca coisa, afinal, a cidade é repleta delas. No seu entorno, fica uma das primeiras construções renascentistas da Itália: o Palácio Veneza.

Um pouco mais à frente, encontra-se o Monumento Vittoriano, onde você pode curtir uma vista privilegiada de todas as atrações já citadas. A entrada nesse prédio construído para homenagear o rei da Itália unificada é gratuita.

Fontana de Trevi

Não é à toa que esse é um dos pontos turísticos mais famosos da Itália. A fonte barroca eternizada em tantos filmes mostra Netuno numa carruagem e marca o fim do aqueduto Acqua Vergine, um dos mais antigos de Roma. Diz a lenda que quem joga uma moeda de costas para a água da fonte retornará à cidade.

Para evitar a aglomeração de pessoas, comum no local, o indicado é visitar a Fontana de Trevi no início do dia ou bem à noite. Porém, tenha cuidado com os seus pertences — a área é um dos principais pontos de aglomeração dos batedores de carteira em Roma.

Praça e Basílica de São Pedro

Quando você for visitar o menor estado independente do mundo, o Vaticano, localizado na zona norte de Roma, essas duas atrações são paradas obrigatórias. Fundada em 324 d.C., a imponente Basílica de São Pedro oferece aos turistas uma das vistas mais inesquecíveis de Roma: sua cúpula com afrescos de Michelangelo.

O maior templo católico do mundo tem entrada gratuita, mas é preciso enfrentar uma fila (que pode ser bastante extensa) para passar pela checagem de segurança. Quem quiser pular essa etapa, pode fazer a reserva com antecedência no site do Vaticano ou comprar o ingresso especial do Ticketbar.

Atenção também às regras quanto à vestimenta: não é permitido acessar a basílica trajando shorts, saias acima do joelho, decotes e blusas sem manga.

Museus do Vaticano

Obras de grandes artistas renascentistas como Rafael, Caravaggio, Leonardo e Giotto podem ser apreciadas nesses museus. No acervo, também estão as cenas do Gênesis pintadas por Michelangelo no teto da Capela Sistina. Se você tem interesse em conhecer todo o acervo, pode ser uma boa ideia optar por um tour guiado.

2. Coma bem

Difícil encontrar quem não ame a comida italiana, não é verdade? Em Roma, são milhares de opções de restaurantes, bares, tratorias, gelaterias, cantinas e tantos outros estabelecimentos para você se deliciar. Conheça alguns a seguir:

  • Pizzeria Emma — experimente a tradicional Margherita com molho de tomate fresco por 8 €;
  • Osteria la Gensola — pratos deliciosos da culinária siciliana à base de frutos-do-mar;
  • Pompi — onde você encontra um dos melhores tiramissús da cidade;
  • Flavio al Velavevodetto — ótima opção se você busca uma grande variedade de massas frescas;
  • Gelato al Bacio — onde você pode experimentar o melhor sorvete do mundo: o italiano.

Se você não puder incluir esses locais no seu roteiro, o importante é não deixar de comer um “corneto” ou tomar um café “ristretto” na rua. Além disso, coloque na sua programação uma vista ao bairro de Trastevere, onde você pode aproveitar um “aperitivo” (drinque com petiscos) antes de se deliciar com o prato principal da noite em uma das tratorias da área.

3. Não dependa de carro para conhecer a cidade

O trânsito de Roma é caótico e se locomover de carro vai fazer você perder um tempo valioso. Assim, a melhor forma de conhecer a cidade é a pé. Coloque um tênis confortável (nada de salto alto para andar nas ruas de paralelepípedo!) e vá explorar cada cantinho.

Caso você não tenha muita disposição para isso, utilize a rede pública de transporte. A rede de metrô não é tão extensa quanto em outras metrópoles europeias, mas cumpre bem o objetivo de levar você às principais áreas turísticas da cidade.

O passe unitário de metrô e ônibus custa 1,50 €, mas também há a opções ilimitadas para o dia (7,00 €) e para a semana (24,00 €). Os bilhetes estão disponíveis online, nos guichês presentes nas estações de metrô, em lojas de tabaco e em bancas de jornais.

Alguns aplicativos podem ajudar você a desvendar os trajetos, como o Rome Metro & Tram e o Probus.

Como você já deve ter ouvido falar: todos os caminhos levam a Roma! Agora, com essas dicas, você já sabe por onde e como começar a explorar a cidade.

Quer ter acesso ao melhor conteúdo sobre viagens direto na sua caixa de entrada? Assine a nossa newsletter e receba as melhores dicas para explorar o mundo!

Fonte oficial: Blog MaxMilhas.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Locomotiva Viagens. Lembramos ainda que o Locomotiva Viagens é um site jornalístico, que apenas divulga as promoções de passagens aéreas, ele não vende nenhum produto ou serviço. Você deve comprar na empresa de sua preferência, sempre observando as regras de cada passagem.

DEMANDA INTERNACIONAL

Estudo do Ministério do Turismo apontou que índice subiu 14,6% nos últimos 4 anos

Por Victor Maciel

Barra do Cauipe (CE). Crédito: Jade Queiroz/MTur

O número de turistas estrangeiros que procuraram o Brasil para descansar ou se divertir aumentou 14,6%, nos últimos 4 anos. O dado é do Estudo de Demanda Internacional 2018, divulgado nesta semana, pelo Ministério do Turismo. De acordo com o levantamento, em 2015, cerca de metade (51,3%) dos visitantes que chegaram ao país vieram com o intuito de conhecer as belezas naturais e culturais brasileiras. O percentual é menor do que o registrado no ano passado, quando 58,8% deles pousaram no Brasil com a mesma intenção.

O estudo, trouxe ainda que, entre os tipos de lazer, o sol e as praias do país foi preferência de sete em cada 10 visitantes, no ano passado. Logo após, aparece o turismo de aventura, ecoturismo e natureza, sendo procurado por 16,3% dos entrevistados. A cultura brasileira, também, foi um dos principais motivos de viagem dos estrangeiros, representando 9,5% do interesse.

“O fórum econômico mundial já confirmou o nosso país como o primeiro do mundo em recursos naturais. O turismo de lazer é uma vocação natural do país, mas, para atingirmos as nossas metas, precisamos diversificar a nossa oferta e crescer bastante também no turismo de negócios, que reduz o efeito da sazonalidade no setor e ainda traz um visitante com nível de gasto mais elevado”, ponderou o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio.

A Argentina é o maior emissor de turistas que vêm ao país para aproveitar os momentos de lazer, com 86%. Ecoturismo é o segmento preferido dos japoneses que desembarcaram no Brasil a lazer (65,7%). Os percentuais de interesse em aproveitar a cultura brasileira nos dias que permaneceram no país são registrados na Holanda (32,3%), Reino Unido (30,8%) e Itália (29,4%).

Entre as cidades mais procuradas para o lazer, o Rio de Janeiro continua sendo o principal destino destes turistas, seguido por Florianópolis (SC), Foz do Iguaçu (PR), Armação dos Búzios (RJ) e São Paulo (SP). E as belezas naturais e culturais do país conquistaram a grande maioria desses turistas. Isso porque, 96,5% deles mostraram a intenção de retorna ao Brasil e conhecer cada vez mais os destinos brasileiros.

RECONHECIMENTO – E falando em lazer, dois dos mais conhecidos destinos brasileiros para curtir sol e mar foram eleitos, pelo site de viagens TripAdvisor, como as mais belas praias do mundo. A Baía do Sancho, em Fernando de Noronha (PE) e as Prainhas do Pontal do Atalaia, em Arraial do Cabo (RJ) assumiram a 1ª e 12ª posição, respectivamente, em um ranking avaliado pelos internautas. As duas praias são destaques nos investimentos de ações de preservação, proteção da vida marinha e combinam visitação com a valorização da sustentabilidade do destino. Vale a pena conferir estas e outras belezas naturais do Brasil.

Edição: Darse Júnior

Fonte oficial: Ministério do Turismo

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Locomotiva Viagens. Lembramos ainda que o Locomotiva Viagens é um site jornalístico, que apenas divulga as promoções de passagens aéreas, ele não vende nenhum produto ou serviço. Você deve comprar na empresa de sua preferência, sempre observando as regras de cada passagem.

Mês de aniversário Livelo é sempre um bom momento para acumular mais milhas!

Tem promoção até o dia 18/06 (segunda), com bônus na transferência de seus pontos pra Multiplus.

Você recebe até 35% de pontos de volta na Livelo + até 30% de pontos extras na Multiplus.

Para participar, você se cadastra no site da promoção e transfere um mínimo de 20.000 pontos, até o dia 18/06, às 23h59, horário de Brasília.

Qualquer cliente Livelo pode participar da promoção e ganhar 15% de bônus! Quem for assinante do Clube Livelo recebe 35%.

Quer ainda mais? Receba também bônus na Multiplus se for assinante do clube:

  • Novo Clube Multiplus 1.000: 10% de bônus (limitado a 10.000 pontos).
  • Novo Clube Multiplus 5.000: 15% de bônus (limitado a 15.000 pontos).
  • Novo Clube Multiplus 10.000: 30% de bônus (limitado a 30.000 pontos).

Ou seja, se você for assinante do Clube Multiplus 10.000, pode receber até 65% de bônus nessa transferência, sendo 30% na Multiplus e 35% na Livelo.

Dica MaxMilhas

Nossos especialistas em milhas afirmam: a melhor opção para acumular mais é você transferir 100.000 pontos Livelo, sendo assinante de qualquer Clube Livelo e do Novo Clube Multiplus 10.000.

Ainda não tem 100.000 pontos? Basta assinar qualquer plano do Clube Livelo antes de fazer seu cadastro na promoção e comprar mais pontos com 40% de desconto. Confira as condições no regulamento.

Já pensou no que fazer com suas milhas? Você pode resgatar passagens, produtos ou ganhar dinheiro.

*A MaxMilhas esclarece não ter relação, parceria ou vínculo societário ou institucional com a MULTIPLUS S.A ou com a LIVELO S.A.

Fonte oficial: Blog MaxMilhas.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Locomotiva Viagens. Lembramos ainda que o Locomotiva Viagens é um site jornalístico, que apenas divulga as promoções de passagens aéreas, ele não vende nenhum produto ou serviço. Você deve comprar na empresa de sua preferência, sempre observando as regras de cada passagem.

COPA AMÉRICA

Capital gaúcha receberá uma das semifinais da competição mais antiga do mundo entre seleções

 

Por Geraldo Gurgel

Parque Farroupilha, Porto Alegre (RS). Crédito: Renato Soares/MTur

Porto Alegre (RS) espera uma invasão de turistas argentinos e uruguaios durante a Copa América, quando a cidade vai sediar jogos com a participação das seleções dos dois países vizinhos do Rio Grande do Sul. Além de ser a principal capital da Região Sul do Brasil, Porto Alegre é a mais próxima de Buenos Aires e Montevidéu entre as cinco cidades brasileiras que vão receber jogos da competição. A Arena Grêmio, com capacidade para 55 mil torcedores, será o estádio da competição em Porto Alegre.

O Centro Histórico de Porto Alegre pode ser percorrido a pé ou no ônibus da Linha Turismo, com o serviço hop on/hop off, no qual o turista sobe e desce do veículo para visitar os pontos turísticos ao longo do trajeto. As praças da Alfândega e da Matriz concentram os principais atrativos históricos e culturais da região central, como o Palácio Piratini, sede do poder Executivo; o Farroupilha, onde funciona a Assembleia Legislativa; a Catedral Metropolitana; e o Teatro São Pedro. Outros pontos indicados para os turistas são o Mercado Público, o Museu de Artes do Rio Grande do Sul e a Rua da Praia, repleta de lojas.

Ao longo do rio Guaíba, que banha Porto Alegre, o visitante pode apreciar o pôr do sol, conhecer centros culturais, como a Usina do Gasômetro, passear de barco ou caminhar nas áreas de lazer localizados nas margens do rio. Entre os parques da capital, o Redenção, ou Farroupilha, é o mais frequentado. Entre as tradições locais, apreciar o churrasco e as rodas de chimarrão são hábitos típicos do povo gaúcho que o visitante poderá vivenciar em sua experiência como torcedor e turista. VEJA TAMBÉM: FOTOS DOS PRINCIPAIS ATRATIVOS DA CIDADE/Banco de Imagens MTur Destinos

Apesar das tradições regionais enraizadas, Porto Alegre é uma cidade de múltiplas faces culturas e raciais com forte contribuição dos imigrantes, principalmente alemães e italianos. A visita aos atrativos deverá repetir o sucesso de público da Copa do Mundo da FIFA, em 2014, quando os turistas lotaram os hotéis e restaurantes da cidade. Além de atender a demanda dos visitantes em grandes eventos, o turismo de Porto Alegre vem se fortalecendo como fonte de desenvolvimento da capital gaúcha, promovendo o destino e movimentando a economia local.

Serra Gaúcha

Seguir viagem para a Serra Gaúcha faz parte do roteiro de quem visita Porto Alegre. É a região do Rio Grande do Sul mais procurada pelos turistas brasileiros, estrangeiros e pelos próprios gaúchos. As vizinhas Gramado e Canela se completam pelo charme do casario, as tradições europeias, as casas de chocolate e suas catedrais de pedra, além da Cascata do Caracol e grandes eventos como o Natal Luz e o Natal dos Sonhos. Bento Gonçalves e Garibaldi estão entre os destinos de enoturismo, onde a produção de vinhos e espumante se harmoniza com a alta gastronomia. O Trem do Vinho, ligando as duas cidades, é a síntese dessa cultura que faz da Serra Gaúcha um destino turístico completo, desde uma viagem romântica a um passeio histórico, ou um programa gastronômico. Aos turistas mais aventureiros não faltam atrações como esportes radicais e atrativos de natureza, como os grandes cânions de Cambará do Sul.

VEJA A TABELA DE JOGOS NA ARENA DO GRÊMIO, EM PORTO ALEGRE:

15/6 – 16h – Venezuela x Peru – (Grupo A)

20/6 – 20h – Uruguai x Japão – (Grupo C)

23/6 – 16h – Catar x Argentina – (Grupo B)

27/6 – 21h30 – Quartas de Final

3/7 – 21h30 – Semifinal

Fonte oficial: Ministério do Turismo

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Locomotiva Viagens. Lembramos ainda que o Locomotiva Viagens é um site jornalístico, que apenas divulga as promoções de passagens aéreas, ele não vende nenhum produto ou serviço. Você deve comprar na empresa de sua preferência, sempre observando as regras de cada passagem.